Futebol Internacional

Ataque em alta e vantagem do jogo de ida: as armas do City para eliminar o Real Madrid

Foto: Divulgação/Manchester City
— Continua depois da publicidade —

Por Cayo Pereira e Luiz Eduardo Porto

Campeão inglês duas vezes nas últimas três temporadas, o Manchester City quer repetir o sucesso recente do cenário doméstico em nível europeu, e chance de ficar um passo mais próximo disso é justamente contra o algoz da semifinal da temporada 2015/2016. O Real Madrid de Zinedine Zidane.

O time de Pep Guardiola foi eliminado duas vezes nas quartas de finais nas últimas duas temporadas para times ingleses, sendo 17/18 para o Liverpool, e em 18/19 para o Tottenham. Mas dessa vez, o Manchester City quer escrever a história do seu próprio jeito.

UM DOS MELHORES ATAQUES DO MUNDO É ESPERANÇA

Apesar do vice-campeonato inglês, o Manchester City, depois do retorno do futebol, tem sido o time com o melhor futebol no Velho Continente, muito por conta de Kevin De Bruyne.

São 8 vitórias em 10 na Premier League, após a volta do futebol na Inglaterra. 34 gols marcados. Números que habilitam os Citizens a querer mais.

VANTAGEM É PONTO A FAVOR

Na Liga dos Campeões, o City foi sorteado como adversário do Real Madrid, maior vencedor do torneio continental. Os Citizens, que ainda buscam sua primeira conquista fora da Inglaterra, foram até o Santiago Bernabéu e saíram de lá vitoriosos, pelo placar de 2 a 1 pelo jogo de ida das oitvas de final da Champions, estando assim com uma vantagem considerável no confronto.

Mas nada é fácil para o Manchester City, principalmente em Liga dos Campeões. Se o time de Guardiola tem sido um dos melhores times da Europa pós-pandemia em questão de desempenho, o Real Madrid foi um dos times mais sólidos.

Depois do retorno, o time merengue atuou 11 vezes e não perdeu. Foram 10 vitórias e apenas um empate, na rodada final de La Liga, contra o Leganés, quando o campeonato já havia sido decidido.

Agora, os Citizens recebem os merengues em Manchester. Mesmo sem seu maior artilheiro, Sergio Aguero, o City está com a faca e o queijo na mão para eliminar a pesada camisa do Real Madrid e seguir rumo à um título inédito. Mas os campeões da Espanha vivem bom momento e não irão facilitar a vida dos comandados de Guardiola.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo