Athletico

Athletico afirma que lateral Pedrinho estava livre no mercado e não pagará nada ao Vitória

Foto: Pietro Carpi/EC Vitória

A equipe do Vitória sinalizou na última terça-feira (14) que o Athletico não havia pago a contratação do lateral esquerdo Pedrinho, negociado com o Furacão. Entretanto, na manhã desta quarta-feira (15), o Portal Galaticos Online, trouxe a informação que o Athletico afirma que não tinha nenhuma documentação da compra exclusiva de Pedrinho com o Vitória e assinou com o lateral quando estava livre no mercado, sem contrato com nenhum clube.

Para saber tudo sobre o Athletico, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Na terça-feira o Vitória informou que Athletico não havia cumprido com o acordo previsto entre as equipes e não realizou o pagamento da primeira parcela envolvendo a compra do atleta Pedrinho. Via nota, o presidente em exercício da equipe baiana, Luiz Henrique Viana, revelou que não sabia os motivos do não pagamento e afirmou que a questão já havia sido protocolada junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Segundo informações do Galáticos Online, de acordo com o Athletico, a única documentação existente se refere às propostas da negociação conjunta do volante Pablo Siles e do lateral Pedrinho, que foram inviabilizadas após desavenças em valores na transferência do volante. Como não houve avanço na negociação de ambos, o Furacão afirma que o lateral ficou livre no mercado e foi aberta uma nova negociação para contratá-lo de forma separada e isolada.

Ainda de acordo com a reportagem, o Athletico afirma que não existem comprovantes de pagamento ou vencimentos previstos decorrentes da então transferência dos direitos federativos e econômicos de Pedrinho, pois as negociações anteriores não foram finalizadas.

O Athletico sondou e começou a negociar com Pedrinho há mais de um mês, na primeira parte de agosto. Dias depois a negociação entre as equipes estava bem acertada, o Furacão estava disposto a pagar cerca de R$ 10 milhões para ter o volante Pablo Siles e o lateral Pedrinho. Entretanto, as diretorias tiveram desavenças sobre a negociação de Siles, com isso as duas negociações viraram um grande imbróglio. 

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top