Atlético-MG

Cuca vê vitória do Atlético-MG como justa e prega cautela com Diego Costa: ‘Em nenhum momento pensamos como titular’

Foto: Pedro Souza/Atlético

O Atlético-MG venceu o Fortaleza por 2 a 0, neste domingo (12), pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após a vitória, que deixou a equipe com uma vantagem de sete pontos na liderança da competição, o técnico Cuca concedeu entrevista coletiva, comentou a respeito da importância do resultado e enalteceu a sequência positiva sem derrotas.

O treinador do Galo comentou sobre a mudança de postura da equipe para o segundo tempo e analisou como justa a vitória atleticana no confronto.

– Não é motivar, a gente analisa, lê o jogo, você tem que ajustar uma coisa defensivamente, aonde você pode explorar ofensivamente. Assim, o segundo tempo foi melhor que o primeiro, mas o primeiro não foi ruim. Esse é o tipo de jogo de que quem sair na frente vai ter enorme chance de vencer. Não foi um jogo de muitas oportunidades no primeiro tempo. No segundo tempo, tivemos um controle maior do jogo. Nós aproveitamos a oportunidade no começo do segundo tempo, e tomamos conta do jogo, ocupando bem os espaços. Acho que foi uma vitória justa e difícil, porque o adversário é uma equipe muito bem orientada e não havia perdido em casa ainda.

Veja também: Presidente do Atlético-MG detalha modernização da Cidade do Galo e projetos na Sede de Lourdes

Cuca também destacou a força do elenco do Atlético. Segundo o técnico alvinegro, o time do Galo ainda está em formatação, mas com jogadores que já sabem o que fazer em campo, facilitando o trabalho dele enquanto treinador.

– O grupo é um grupo em formatação, mas a gente vê que eles vêm aderindo uma vontade muito grande de ir além, de seguir até onde não sei onde vamos chegar. Mas, temos a devida noção da importância que esses campeonatos têm para o Atlético, então não pensamos em outra coisa, senão se doar ao máximo. O pessoal agrega um ao outro.

Sobre Diego Costa, Cuca comentou que não pensou como titular, devido ao processo para adquirir a forma física. Ele ainda ressaltou que o atleta tem consciência sobre a situação atual e prega cautela a evolução do atacante do Atlético.

O Diego em momento algum a gente pensou como titular, porque ele vem em um processo de entrar em condição de jogo. A gente sabe que tem que ter o devido cuidado, é um jogador muito importante. E esse espaço ele vai ganhar gradativamente, sem pressa nenhuma. Ele é muito consciente quanto a isso também.

Para ficar informado sobre tudo que acontece com o Atlético-MG, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

O CAMPEONATO!

Atual líder, o Atlético-MG foi o campeão do primeiro turno. Porém, Cuca pediu cautela, relembrando o feito em 2012, que culminou no vice-campeonato do Brasileirão da época, haja vista, segundo o treinador, pela ausência de força no elenco.

Nós já ganhamos o turno em 2012 e não fomos campeões. Mas, nos faltou um pouco de elenco naquela ocasião. É continuar nessa batida, momento bom tem que aproveitar ao máximo, com pés no chão, humildade e trabalho.

O Atlético, de Cuca, volta a campo na próxima quarta-feira (15), às 19h, no Mineirão, para enfrentar o Fluminense pelo jogo de volta da Copa do Brasil. O Galo venceu a primeira partida por 2 a 1 no Rio de Janeiro.

O confronto marcará, ainda, mais uma partida na dura sequência alvinegra em setembro. Porém, a semana de treinos antes do duelo deste domingo foi importante, segundo Cuca: “O importante é estar treinado e com força para aguentar a maratona de jogos”.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top