Atlético-MG

Atlético-MG não se posiciona sobre atraso de salários e nega ultimato de Sampaoli

Foto: Pedro Souza/ Atlético
— Continua depois da publicidade —

Nessa terça-feira, 15, foi divulgada a informação de que o técnico Jorge Sampaoli cobrou a diretoria do Atlético sobre os salários atrasados de jogadores e deu um ultimato sobre sua permanência no clube.

A informação inicial, dada pelo jornalista Heverton Guimarães no programa 98 Esportes, dizia que Sampaoli havia deixado claro para a diretoria do clube que, caso os salários do elenco não sejam quitados, o técnico deixará o clube em dezembro, quando a multa rescisória valerá a metade do preço. O portal ENM entrou em contato com o clube, que negou a informação.

Em relação ao pagamento dos salários do elenco, a informação é de que os vencimentos estão atrasados há dois meses. Sampaoli teria se incomodado com a situação e vê dificuldades em trabalhar com atletas sem os salários em dia. O setor de comunicação do clube disse ao portal ENM que desconhece a informação.

Situação repetida

Não é a primeira vez que Jorge Sampaoli passa por essa situação. Em março de 2019, no Santos, o treinador se incomodou com o atraso de salários dos jogadores e não aceitou receber até o elenco também ter os pagamentos em dia.

Sampaoli também vivenciou essa situação no clube chileno Universidad de Chile, La U. Para o treinador, ele receber o pagamento do salário antes dos jogadores pode colocar “tudo a perder”, segundo uma pessoa próxima ao argentino em contato com o UOL Esporte no ano passado.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo