Atlético-MG

Atlético-MG precisa chutar o dobro para acertar o alvo no Brasileirão

Atlético-MG precisa chutar o dobro para acertar o alvo no Brasileirão
Foto: Pedro Souza/Atlético-MG

O Atlético-MG ficou conhecido no Campeonato Brasileiro por sua ofensividade, característica majoritária dos trabalhos do técnico Jorge Sampaoli. Atualmente, o Galo é detentor do segundo melhor ataque do Brasileirão, com 59 gols, quatro a menos que o Flamengo. No entanto, nessa reta final da competição, o ataque atleticano tem deixado a sesejar.

Nos últimos três jogos, contra Goiás, Fluminense e Bahia, o Atlético-MG somou apenas dois pontos e marcou apenas dois gols. A queda de rendimento ofensivo atleticano é ilustrado pelos números: o Galo finalizou 48 vezes nesses três confrontos, mas acertou apenas sete vezes o gol do adversário.

A queda de rendimento do Atlético-MG coincide com a saída do atacante Keno, que sofreu uma lesão no cotovelo esquerdo na partida diante do Fortaleza. Desde sua saída, o Galo marcou apenas três gols em quatro partidas e sofreu dois. Inclusive, sem o jogador, o Galo venceu apenas um dois últimos quatro jogos.

No total, sem Keno, o Galo venceu apenas dois de sete jogos no Campeonato Brasileiro.

Olhando os números do time alvinegro em todo o campeonato é preciso ver que o Atlético-MG precisa finalizar o dobro para conseguir acertar o alvo. O Galo tem uma média de 12,2 chutes por partida no Campeonato Brasileiro, mas apenas 5,4 são em direção ao gol.

Estilo de jogo

Com o técnico Sampaoli, o Atlético adotou o estilo de jogo propositivo, de ter a bola na maior parte dos confrontos. Em média, no Brasileirão, o Galo tem 61,2% de posse de bola. 270 passes no campo adversário e 216 no próprio campo.

Porém, o Galo não tem conseguido quebrar a defesa adversária, o que tem custado pontos importantes e a própria chance de título, que, com a derrota para o Bahia, é de 0,63%, segundo o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

O futuro de Sampaoli ainda é incerto no Atlético-MG, que tem contrato até dezembro, mas também tem proposta do Olympique de Marseille. Porém, para a próxima temporada, o Galo terá um estilo de jogo definido e o reforço de Hulk para melhorar a pontaria do time alvinegro.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top