Atlético-MG

Atlético-MG volta a ter mês cheio, mas quatro jogos em casa podem ser o diferencial

Foto: Bruno Cantini / Atlético
— Continua depois da publicidade —

O Atlético-MG foi “beneficiado” no mês de setembro quando teve três semanas livres para descansar e treinar, enquanto a maioria dos seus rivais jogava por outras competições. Mas no mês de outubro as coisas voltam a se “equilibrar”, pelo menos no início do mês, já que no fim dele volta a ter semana livre.

O Galo foi eliminado precocemente na Copa do Brasil e na Sul-Americana e por isso tem essas semanas livres mesmo com o calendário apertado. Com isso, o Galo se aproveitou para se distanciar na liderança do Brasileirão. Hoje o time é líder com três pontos a mais e um jogo a menos que o vice-líder Internacional, além de ter duas vitórias a mais. Do terceiro para baixo, a distância já é de cinco pontos pra mais.

Apesar do mês cheio com seis jogos, o Atlético tem um lado que pode pesar a seu favor. Dos seis jogos, quatro deles serão em casa, no Mineirão. Confira o calendário do clube no mês de outubro:

04/10 – Atlético x Vasco
07/10 – Fortaleza x Atlético
10/10 – Atlético x Goiás
14/10 – Atlético x Fluminense
19/10 – Bahia x Atlético
25/10 – Atlético x Sport

PERDA DE SELECIONÁVEIS
Essa maratona de jogos também pode ficar mais difícil já que três titulares do time estão convocados para suas seleções: Junior Alonso (Paraguai), Alan Franco (Equador) e Savarino (Venezuela). O zagueiro paraguaio é o único que atuou em todos os jogos desde a volta do futebol, já os outros dois são também peças importantes no esquema de Sampaoli. Os jogadores devem perder jogos contra Fortaleza, Goiás e Fluminense.

A sequência do Galo começa no próximo domingo, às 20h30, contra o Vasco, no Mineirão.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top