Atlético-MG

Para ser campeão, Atlético-MG precisa quebrar tabu de 18 anos

Atlético-MG x Bahia. Foto: Pedro Souza/Atlético
No primeiro turno, o Galo venceu o Bahia e espera voltar de Salvador com o troféu na bagagem. Foto: Pedro Souza / Atlético

O Atlético-MG viu a primeira oportunidade de ser bicampeão nacional, após 50 anos, dá errado. O Flamengo venceu o Ceará, no Maracanã, por 2 a 1, e jogou a decisão do campeonato para a próxima quinta-feira (02).

Faltando dois pontos para o título, o Galo viaja para Salvador, onde enfrenta o desesperado Bahia. O tricolor de aço está dentro da zona de rebaixamento, com 40 pontos, dois a menos que o Athletico, com 42, primeiro time fora do Z4. Uma vitória tiraria a equipe bahiana da Série B e complicaria muito a vida do Grêmio.

Além disso, o Galo tem um tabu contra o Bahia: São 18 anos sem vitória como visitante. Última vitória foi no dia 19 de abril de 2003, por 4 a 2, gols de Guilherme (2X), Alexandre e André Luiz. O Bahia descontou com Nonato e Jair.

Desde então foram 8 jogos, com 7 empates e uma derrota. Na história do Brasileirão, foram 23 jogos como visitante, com 6 vitórias para cada equipe e 11 empates.

O Atlético-MG, que precisa da vitória, terá alguns desfalques para o jogo, como Jair, Allan e Diego Costa. Cuca terá que mudar o time, para quem sabe sair de Salvador com a taça de campeão brasileiro.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top