Atlético-MG

Atlético rebate Goiás em relação a cobrança em venda de Léo Sena ao Spezia-ITA

Foto: Pedro Souza / Atlético

No início do mês de junho, Atlético e Spezia-ITa anunciaram que chegaram a um acordo para venda do volante Leó Sena, que estava, até então, emprestado pelo alvinegro aos italianos. No acordo inicial de empréstimo, estava previsto que caso os italianos quisessem adquirir o volante em definitivo, pagariam 2,5 milhões de euros por 100% dos direitos. No entanto, os clubes fizeram um novo acordo, no qual o Spezia pagou 1,25 milhão de euros por 90%, o que gerou um imbróglio entre o Galo e o Goiás, ex-clube de Léo Sena e que detinha 20% do passe dele.

O presidente do Goiás questionou que o Atlético estaria sendo inadimplente pois não queria se desfazer dos 20% que pertencia ao Esmeraldino. Na venda, o Atlético negociou 90% dos direitos do jogador e ficou com 10% de uma venda futura. Em nota, o alvinegro esclareceu que: “O Atlético tem a obrigação de pagar ao Goiás apenas o valor correspondente ao percentual de 20% da quantia total líquida a ser recebida junto à agremiação italiana.”, e ainda completou afirmando que o que o dirigente esmeraldino deseja possui “limitações legais e regulamentares” nos regulamentos da FIFA, e que isso foi informado pelo Galo ao Goiás.

Confira a nota completa do Atlético sobre o caso:

Sobre o questionamento do presidente do Goiás Esporte Clube, em referência a suposto inadimplemento contratual correlato à transferência do atleta Léo Sena, ao Spezia Calcio, o departamento jurídico do Atlético esclarece que:

O Atlético tem a obrigação de pagar ao Goiás apenas o valor correspondente ao percentual de 20% da quantia total líquida a ser recebida junto à agremiação italiana.

Em notificação endereçada ao Goiás, o Clube Atlético Mineiro pontuou expressamente que existem limitações legais e regulamentares às demais pretensões aviadas pelo dirigente do clube goiano, a teor dos regulamentos da FIFA. Sobre os documentos da FIFA que trazem o referido entendimento, seguem os links:

– Regulamento sobre o Estatuto e Transferências de Jogadores: https://resources.fifa.com/image/upload/regulations-on-the-status-and-transfer-of-players-january-2021.pdf?cloudid=g1ohngu7qdbxyo7kc38e

– Manual da FIFA sobre “TPO” e “TPI”:https://img.fifa.com/image/upload/ypkyca98svbpfxu1nawu.pdf

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top