Esportes olímpicos

Atletismo: Brasil garante mais três atletas nos Jogos Olímpicos

Atletismo
Foto: Wagner Carmo / CBAt

Rumo à Tóquio! No fim de semana aguardado para a classificação da natação brasileira, outra modalidade que se destacou foi o atletismo. Matheus Gabriel Correa na marcha atlética (20km), Fernanda Borges no lançamento do disco e Samory Uiki no salto em distância foram os nomes que fizeram o índice exigido pela World Athletics, órgão que gere o atletismo à nível mundial, em suas respectivas provas.

AS CLASSIFICAÇÕES

O Torneio Cidade de Bragança Paulista – Capital Nacional do Atletismo, que aconteceu nesse fim de semana, entre 24 e 25 de abril, teve dois índices olímpicos conquistados, um na marcha atlética e outro no salto em distância. O segundo, foi batido pelo gaúcho Samory Uiki com 8,23 m, um centímetro abaixo da marca exigida. A Olimpíada que ocorrerá em julho será a primeira da carreira do saltador de 24 anos.

Foto: Reprodução/CBAt

— Minha melhor marca era de 7,93 m, obtida no Troféu Brasil de 2020. Hoje, saltei três vezes acima dos 8 metros pela primeira vez na vida em uma competição – lembrou Samory.

A competição que teve como foco a convocação da seleção brasileira que vai ao Sul-Americano, que acontece entre 14 e 16 de maio em Buenos Aires, Argentina, foi local de comemoração para Matheus Gabriel Correa, marchador de 21 anos. O resultado veio na manhã deste domingo (24), quando o índice de 1h21min00 foi batido por Matheus (1h20min49s13) na segunda colocação da marcha atlética. O primeiro colocado foi Caio Bonfim, atleta já classificado para a Olimpíada no Japão. Além da vaga em Tóquio, Matheus Correa também estabeleceu o novo recorde brasileiro e sul-americano sub-23 da prova.

— É um alívio e agora vou focar na Olimpíada, o que eu nem imaginava que poderia fazer a partir de hoje – declarou Matheus, que não esperava obter vaga nos Jogos.

Leia Também: Governo brasileiro torna atletas e paratletas que vão à Tóquio grupo prioritário na vacinação contra a COVID-19, de acordo com jornal

A terceira classificação do fim de semana veio direto dos Estados Unidos. A atleta Fernanda Borges se garantiu na prova do lançamento do disco. A sexta colocada em Doha – mundial de atletismo em 2019 – fez 64,21 m e superou os 63,50 m necessários para ir ao Japão. Além da gaúcha, a paraibana Andressa Oliveira de Morais, recordista brasileira e sul-americana também já conquistou a vaga.

— Esperava encaixar a qualquer momento uma boa marca. Continuo treinando e querendo mais, pois estou pronta para mais – analisou Fernanda.

RECORDE MUNDIAL

Neste domingo (24), no torneio Drake Relays, em Iowa, o brasileiro Alison dos Santos registrou o novo recorde mundial de 2021 na prova dos 400m com barreiras. Com o tempo de 48s15, o corredor de 20 anos estabeleceu seu novo recorde pessoal e brasileiro sub-23, além de se tornar o mais rápido do mundo, na prova, no ano Olímpico.

+ Notícias dos Jogos Olímpicos

Siga o perfil do Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top