Tênis

ATP 500 de Washington é cancelado devido ao Coronavírus

ATP 500 Washington
Divulgação/Facebook do ATP 500 Washington

O ATP 500 de Washington era para ser o torneio de reabertura da temporada do tênis e estava marcado para o dia 14 de agosto, mas foi cancelado nesta segunda-feira. Os dois principais motivos são o aumento do número de casos do Coronavírus nos Estados Unidos e as restrições das viagens internacionais.

“É decepcionante que, devido a esses tempos sem precedentes, o ATP 500 de Washington não possa acontecer este ano. Sei o quanto Mark Ein (presidente do evento) e sua equipe trabalharam para se adaptar às novas e constante mudanças das condições, e gostaria de reconhecer seu excelente compromisso em realizar o evento. Infelizmente, no momento ainda existem grandes fatores em jogo que estão fora de nosso controle. Estamos ansiosos para que o Citi Open retorne como um dos nossos eventos americanos de assinatura em 2021”, explicou o presidente da ATP, Andrea Gaudenzi.

Mark Ein, que é o presidente do ATP 500, mostrou sua tristeza com o cancelamento do evento. “Após meses de trabalho incansável por nossa equipe e estreita colaboração com nossos diversos patrocinadores, estamos com o coração partido ao anunciar que, infelizmente, devemos adiar o 52º Citi Open até o verão de 2021. Com apenas 23 dias para o início do torneio, existem muitos problemas externos não resolvidos, incluindo várias restrições internacionais de viagens e tendências preocupantes de saúde e segurança, que nos forçaram a tomar essa decisão pensando em nossos jogadores, fornecedores e parceiros”, argumentou.

Esta decisão coloca em cheque a realização do Aberto dos Estados Unidos. O Grand Slam está marcado para acontecer no dia 31 de agosto com as arquibancadas vazias.

A ATP vai continuar os trabalhos de revisão do calendário deste ano, sendo que, nos próximos quinze dias sairá mais uma atualização do cronograma dos torneios, incluindo o ATP Finals.

LEIA MAIS

Del Potro volta aos treinos após cirurgia realizada em janeiro

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top