Campeonato Carioca

Através de comunicado oficial, Olaria Atlético Clube confirma conversa sobre a contratação de goleiro Bruno

Foto: Divulgação/ Boa Esporte

De acordo com o presidente Ricardo Gonzaga dos Santos, o Kadinho, existe um projeto desenvolvido que tem como objetivo de oferecer oportunidades a ex-detentos, que tenham cumprido suas penas, e estejam com dificuldade de inserção no mercado de trabalho. Alocar esses profissionais no Olaria é uma das possibilidades, mas o projeto ainda não chegou a essa etapa.

– Nossa empresa tem um projeto que vai muito além das quatro linhas. Hoje, a Ric’s não está no Olaria, um clube tradicionalíssimo do futebol e também da cidade do Rio de Janeiro, apenas para montar um time e ganhar jogos. Temos aqui mais de 300 jovens atletas, de todas as categorias, e trabalhamos com eles para que sejam cidadãos de bem. Queremos dar oportunidades a esses meninos de sonhar. E ter perto deles pessoas que em algum momento erraram, mas pagaram por seus erros, acreditamos que pode ser positivo, no sentido de mostrar as consequências de suas escolhas. – acredita Kadinho.

O arqueiro atualmente com 36 anos e estava jogando pelo Rio Branco Futebol Clube, do Acre, na série D do Campeonato Brasileiro, a Copa Verde e o Campeonato Acreano. O contrato foi de seis meses e foi muito criticada pela sociedade. Bruno foi julgado o responsável pela morte da ex-modelo Eliza Samudio, mãe do seu filho, e está no regime semiaberto desde julho de 2019, após cumprir parte da pena de 22 anos e três meses de prisão, estipulada pela Justiça de Minas Gerais em 2013.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top