Campeonato Brasileiro

Atuações ENM: Ceará começa bem, abre o placar, mas leva virada e sai derrotado

Ceará Bahia
Felipe Santos/CearaSC.com

Nesta quinta-feira (17), o Ceará recebeu o Bahia valendo pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro, e se deu mal. A equipe de Guto Ferreira precisava dar uma resposta, já que vinha de quatro jogos sem vitória, mas o que se viu foi um apagão pós primeiro gol do Bahia, e o Ceará acabou derrotando por 2 a 1 – novamente para o Tricolor este ano – em pleno Castelão.

O alvinegro até começou o jogo dando esperança ao seu torcedor. Foram 20 minutos de pressão da equipe cearense, até Saulo Mineiro fazer o gol que abriu o placar para o Vozão, mas foi só o Bahia empatar que o time sentiu. O Ceará desandou, quem estava bem já não estava mais, os jogadores ficaram nervosos, e acabaram tomando a virada, selando assim a derrota para o tricolor baiano. Vina mais uma vez começando no banco de reservas e entrando no segundo tempo, sem acrescentar tanta coisa ao jogo.

Resta juntar os cacos e tentar a volta por cima contra o Internacional, no Beira Rio, domingo (20), pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Mandaram bem

Klaus: se o jogo num todo não foi bom para o Ceará, podemos tirar um pouco dessa responsabilidade das costas do zagueiro Klaus. O defensor conseguiu cortar lances de perigo e foi seguro, até onde deu.

Jorginho: não foi um destaque, mas ajudou o alvinegro em transições importantes, sempre tentando fazer o time jogar para frente.

As decepções

Gabriel Dias: o lateral estava perdido em campo, cometeu o pênalti que deu o empate ao Bahia, além de chegar atrasado nas jogadas. Voltou para a etapa final da mesma forma, em um geral, decepcionante.

Fernando Sobral: talvez, o jogador mais lúcido atualmente no time do Ceará, mas hoje não correspondeu as expectativas e acabou não conseguindo ajudar tanto a equipe.

Steven Mendoza: mais uma vez iniciando a partida com vontade, atitude e velocidade… mas depois parece que cansa. Os 20 primeiros minutos de muita intensidade, só que não demorou muito para sumir na partida, deixando a desejar mais uma vez.

Notas

Vinícius Machado – 6,0

Gabriel Dias – 5,5

Messias – 6,5

Klaus – 7,5

Bruno Pacheco – 6,5

Fernando Sobral – 6,5

Willian Oliveira – 6,5

Steven Mendoza – 6,0

Jorginho – 7

Lima – 6,5

Saulo Mineiro – 6,0

Substituições:

Marlon – 6,0

Vina – 6,5

Charles – 6,5

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top