Campeonato Brasileiro

Atuações ENM: Coletivo faz bom primeiro tempo, mas Cléber desperdiça grandes chances, Ceará vai mal na segunda etapa e sai de campo derrotado; veja as notas

Foto: Felipe Santos/Ceará SC

Na noite desta quinta-feira (07), o Ceará recebeu, na Arena Castelão e em confronto válido pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A 2020, a equipe do Internacional. Como resultado, vitória do colorado pelo placar de 0x2, com gols de Caio Vidal e Yuri Alberto. Dessa forma, o Vozão perde uma posição, assumindo a 11ª colocação na tabela de classificação, enquanto o Inter assume, de forma provisória, o segundo lugar.

Na primeira etapa, o Ceará foi bastante superior à equipe colorada, que não teve nenhuma chance de perigo. Pelo lado do Alvinegro de Porangabuçu, houve boas oportunidades, com as mais perigosas saindo dos pés do centroavante Cléber, que, porém, tomou decisões erradas e as desperdiçou. Além disso, o setor defensivo do Vozão prevaleceu sobre o time do Internacional. Já no segundo tempo, o Internacional, com Caio Vidal, abriu o placar logo no começo. O Ceará sentiu o golpe e não ameaçou mais o gol do time gaúcho. Mais tarde, Yuri Alberto ampliou a vantagem colorada e sacramentou a vitória do Internacional.

DESTAQUES NEGATIVOS:

Cléber: O atacante teve duas grandes chances de abrir o placar para o Ceará na primeira etapa, mas tomou decisões erradas em ambas, optando por passar a bola ao invés de chutar para o gol. Errou, ainda, alguns passes e não cumpriu bem seu papel, sendo substituído na metade do segundo tempo.

Charles: O volante do Ceará não cumpriu bem seu papel, fazendo diversas faltas bobas, errando passes e domínios e mostrando-se sem firmeza dentro de campo. Além disso, levou cartão amarelo antes de ser substituído no intervalo.

DESTAQUES POSITIVOS:

Léo Chú: O veloz ponta do Ceará construiu boas e perigosas jogadas, além de ter distribuído uma série de bons passes e de bons dribles. Apesar de não ter contribuído com gol ou assistência, foi o melhor jogador do Alvinegro de Porangabuçu na partida.

Lima: Entrando no lugar do volante Charles no intervalo, Lima, assim como Léo Chú, teve bons momentos na partida, mas sem muito brilho. Deu bons dribles, bons passes e cavou faltas.

NOTAS DO TIME:

  • Richard: 5,0
  • Samuel Xavier: 5,0
  • Luiz Otávio: 5,5
  • Tiago Pagnussat: 5,5
  • Bruno Pacheco: 5,5
  • Charles: 4,0
  • Fabinho: 5,0
  • Fernando Sobral: 5,5
  • Vina: 5,0
  • Léo Chú: 6,5
  • Cléber: 3,5
  • Lima: 6,0
  • Pedro Naressi: 5,0
  • Saulo Mineiro: 5,0
  • Wescley: 4,5
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top