Campeonato Brasileiro

Atuações ENM: Coletivo faz primeiro tempo vexatório, não reage no segundo e Fortaleza é atropelado pelo Palmeiras; veja as notas

Foto: Bruno Oliveira/Fortaleza EC

Na noite deste domingo (14), o Fortaleza foi até o Allianz Parque para enfrentar o atual campeão da Libertadores Palmeiras. O confronto, válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A 2020, terminou com uma goleada do time alviverde. Com um péssimo primeiro tempo do Leão, o time paulista, com gols de Gustavo Scarpa, Lucas Lima e Breno Lopes, aplicou 3×0 com facilidade, liquidou a partida e administrou o resultado. Agora, o Tricolor do Pici volta a campo no próximo sábado para enfrentar a equipe do Bahia, adversário direto na luta contra o rebaixamento. A partida pode livrar o clube cearense, hoje o 15º colocado na tabela, do rebaixamento à Série B.

O Fortaleza fez um dos piores tempos de toda a sua campanha no Campeonato Brasileiro. Sem oferecer o menor perigo ao Palmeiras e sendo pressionando durante todo o tempo, o Leão, após cobrança de falta de Gustavo Scarpa, sofreu o primeiro gol e, a partir daí, se perdeu de vez no confronto. Seis minutos depois, Lucas Lima, que não balançava as redes há mais de um ano, ampliou para os donos da casa. Mais tarde, Breno Lopes, herói do título da Libertadores, aumentou o vexame do time cearense, que estava totalmente entregue e apático na partida. No segundo tempo, o Verdão diminuiu o ritmo, o Leão encaixou-se um pouco mais e o resultado foi mantido.

DESTAQUES POSITIVOS:

Felipe Alves: O goleiro do Leão, melhor jogador da equipe no campeonato e candidato a um dos melhores dentre todos da sua posição, fez algumas grandes defesas e evitou uma goleada ainda pior. Além disso, com os pés, foi bem seguro e distribuiu alguns passes. Nos gols do adversário, não teve culpa nem chance de evitá-los.

Carlinhos: Entrando no intervalo, não participou do primeiro tempo vexatório e cobriu o buraco deixado na lateral-esquerda por Bruno Melo, que fez uma partida terrível. Ganhou disputas de bola e melhorou a defesa do time cearense.

DESTAQUES NEGATIVOS:

Bruno Melo: O pior jogador do Fortaleza na partida. O lateral deixou vários buracos na zaga, os quais resultaram em gols do Palmeiras, além de errar praticamente tudo que tentou: domínios, passes, etc. Além disso, no final da primeira etapa, envolveu-se em um lance polêmico e poderia ter cometido um pênalti bastante infantil, mas o árbitro, após analisar o vídeo, não marcou a infração.

Wellington Paulista: O experiente atacante do Fortaleza fez uma partida bastante discreta, sendo difícil, inclusive, de lembrar de lances do jogador no confronto. Não encaixou no estilo de jogo proposto pelo técnico Enderson Moreira e foi bastante abaixo.

NOTAS DO TIME:

  • Felipe Alves: 6.0;
  • Gabriel Dias: 3.5;
  • Quintero: 4.0;
  • Paulão: 4.5;
  • Bruno Melo: 2.0;
  • Ronald: 4.5;
  • Felipe: 4.0;
  • Romarinho: 4.5;
  • David: 4.0;
  • Wellington Paulista: 3.0;
  • Igor Torres: 4.0;
  • Osvaldo: 4.0;
  • Derley: 4.0;
  • Carlinhos: 5.5;
  • João Paulo: 3.5;
  • Tinga: 4.5.
Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top