São Paulo

Atuações ENM: Com equipe poupada, São Paulo não consegue vazar e Juventude e empata no Morumbi

20/04/2022 - Copa do Brasil: Juventude x São Paulo Crédito: Rubens Chiri/Saopaulofc.net

Em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, o São Paulo recebeu o Juventude e saiu com o empate de seu estádio. O placar foi de 0 a 0. Veja abaixo as notas dos jogadores do Tricolor Paulista.

Com o resultado, o São Paulo foi a 19 pontos e está na oitava colocação da tabela do Campeonato Brasileiro. Na próxima rodada o Tricolor Paulista visita o Atlético Goianiense. Antes, porém, a equipe faz o primeiro jogo das oitavas de finais da Copa Sul-Americana contra a Universidad Católica. Na quinta-feira (30) às 21h30 o São Paulo visita os chilenos.

Para saber tudo sobre o São Paulo, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram

Jandrei (Goleiro)

Partida segura do dono da meta do São Paulo. Jandrei, nas vezes em que foi acionado, foi bem e não comprometeu. Nota: 5.

Rafinha (Lateral)

Capitão da equipe na partida contra o Juventude, Rafinha fez um jogo protocolar. Deu lugar a Diego Costa na segunda etapa. Nota: 5,5.

Diego Costa (Substituição)

O zagueiro entrou para recompor o sistema defensivo e formar a trinca de defesa com Léo e Miranda. Enquanto esteve em campo, Diego Costa foi bem no primeiro terço do campo. Nota: 5,5.

Miranda (Zagueiro)

Principal referência da defesa na partida, Miranda foi soberano contra o Juventude. Ganhou todos os embates contra os atacantes adversários e quando teve de parar a jogada, soube ter maturidade no lance. Nota: 5,5.

Léo (Zagueiro)

No primeiro tempo, formou dupla de zagueiros com Miranda. Ao lado do camisa 22, foi bem. Com a entrada de Diego Costa, passou a construir mais as jogadas pelo lado esquerdo do campo. Nota: 5.

Wellington (Lateral)

O jovem lateral ganhou a oportunidade de começar a partida e colaborou com algumas subidas ao ataque. Nota: 5.

Para saber tudo sobre o São Paulo, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram

Pablo Maia (Meia)

Com função mais defensiva, Pablo Maia não comprometeu na partida. Nota: 4,5.

Igor Gomes (Meia)

Principal articulador da equipe na partida, Igor Gomes foi o responsável por fazer a bola rodar no ataque. Era função dele fazer a ligação com o ataque. Nota: 5,5.

Patrick (Meia)

Principal jogador do São Paulo nas últimas partidas, Patrick foi mais discreto na partida. Contra o Juventude, o camisa 88 atuou pelo setor esquerdo do ataque com algumas dobradinhas com Wellington. Amarelado, deu lugar a Rodrigo Nestor na segunda etapa. Nota: 5,5.

Rodrigo Nestor (Substituição)

O jogador entrou para dar mais dinâmica a equipe do São Paulo na partida e participar do último passe aos atacantes do São Paulo. O que vimos, no entanto, foi um Nestor muito agitado e com tomadas de decisões precipitadas na partida. Recebeu cartão amarelo na partida. Nota: 5,5.

Para ficar ligado nas últimas notícias do São Paulo, acesse o Esporte News Mundo.

Rigoni (Atacante)

O argentino ganhou pela primeira vez a chance de começar a partida com Rogério Ceni e foi mal. O hermano errou a maioria dos lances que tentou e não soube aproveitar a chance no time titular. Deu lugar a André Anderson na segunda etapa. Nota: 4.

André Anderson (Substituição)

Atuou poucos minutos em campo, sem nota.

Eder (Atacante)

Ao lado de Luciano, comandou o ataque Tricolor na partida contra o Juventude. Na partida, o ítalo-brasileiro se movimentou e tentou colaborar no ataque. Deu lugar a Calleri na segunda etapa. Nota: 6.

Calleri (Substituição)

Em campo, Calleri mudou o panorama do ataque nos 45 minutos que esteve em campo. Se movimentou e tentou de tudo para balançar as redes. Já são quatro partidas sem gols do artilheiro do Campeonato Brasileiro. Nota: 6.

Luciano (Atacante)

Foi o jogador mais agudo da primeira etapa. Arriscou algumas finalizações, mas pecou na tomada de decisão ao optar pela finalização ao invés de servir seu companheiro. Na segunda etapa, atuando ao lado de Calleri mais uma vez pecou na tomada de decisões. Segue o jejum de nove jogos sem marcar gols do camisa 11 do São Paulo. Nota: 6.

Igor Vinicius (Substituição)

Entrou com poucos minutos em campo, sem nota.

Rogério Ceni (Treinador)

O treinador tentou todas as alternativas na partida para colocar a equipe para a frente. No entanto, com os diversos desfalques, não conseguiu reverter o placar zerado no Morumbi. Em relação as substituições, Ceni tentou mudar a formatação da partida, mas suas escolhas não corresponderam. Nota: 5,5.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top