Copa do Brasil

Atuações ENM: com show de pênaltis perdidos, o Cruzeiro é eliminado para a Juazeirense na Copa do Brasil

Atuações ENM: com show de pênaltis perdidos, o Cruzeiro é eliminado para a Juazeirense na Copa do Brasil

Em mais um capítulo sombrio de sua história, o Cruzeiro foi a campo no estádio Arauto Moraes para enfrentar a da Juazeirense-BA pelo segundo jogo da terceira fase da Copa do Brasil.

Pouco inspiradas, as equipes passaram quase a partida inteira em branco, com a Thauan marcando o gol da vitória para o time baiano apenas aos 40 minutos do segundo tempo, em falha da defesa celeste. Nos pênaltis, vitória do mandante por 4 a 2 e mais uma eliminação para o Cruzeiro em 2021.

No primeiro tempo, o Cruzeiro ditou o ritmo da partida, que estava bem morna. A equipe celeste tentava neutralizar a Juazeirense através de contra-ataques. Nesse momento, o mandante tentou pressionar e conseguiu algumas oportunidades de gol com o atacante Clébson, que foi quem mais se destacou no primeiro tempo, levando perigo à meta defendida por Fábio. Pela Raposa, destaque para o chute de Brujo José, na grande área, que foi o principal lance do primeiro tempo.

De volta para a segunda etapa, a Juazeirense buscou mais a partida, já que precisava marcar caso para poder continuar sonhando com a classificação. Pelo Cruzeiro, destaque para os chutes de Guilherme Bissoli, e a grande oportunidade desperdiçada por Airton, que esteve bem próximo de fazer o gol. No fim do jogo, em um lance de bola parada, a desatenção da zaga celeste resultou no gol do time baiano, marcado por Thauan, que apareceu livre para escorar pro fundo da rede. Terminado o tempo normal, a partida foi para os pênaltis. Com cobranças perdidos por Rômulo, Matheus Barbosa e Felipe Augusto, o Cruzeiro foi derrotado por 4 a 2 nas penalidades.

Mandou bem


Fábio – 7
Em um jogo difícil de encontrar aspectos positivos, Fábio conseguiu fazer sua parte, atuando de forma regular durante a partida e defendendo uma cobrança durante a disputa de pênaltis.

FICOU DEVENDO


Felipe Conceição – 2
Pragmático, o agora ex-treinador do Cruzeiro se despediu do cargo de forma melancólica, montando um time medroso e que em nenhum momento apresentou grandes perigos ao adversário e tentou de toda forma se garantir no empate. No final da partida, Conceição ainda foi expulso, após reclamar efusivamente do lance onde o zagueiro tira a bola de Ramon de cima da linha.

DESTAQUE do Juazeirense


Rodrigo Calaça – 10
Seguro no tempo regular, o veterano foi o herói da classificação do Juazeirense, pulando no cantinho para realizar uma grande defesa no pênalti de Rômulo e defendendo a última e decisiva cobrança, de Matheus Barbosa.

Atuações
Cruzeiro

Fábio – 7
Raúl Cáceres – 5
Weverton – 5
Ramon – 6
Matheus Pereira – 4,5
Flávio – 5,5
Kaiki – s/n
Matheus Neris – 4
Paulo – s/n
Matheus Barbosa – 4
Rômulo – 4,5
Airton – 3,5
Felipe Augusto – 5
Guilherme Bissoli –
Adriano – s/n
Bruno José –
Stênio – s/n
Felipe Conceição – 2

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top