Campeonato Carioca

Atuações ENM: Flu não repete boa atuação, cede gol e fica sem o título

Fluminense não conseguiu repetir boa atuação do primeiro jogo. Foto: Lucas Merçon/Fluminense

O título carioca de 2020 ficou com o Flamengo. O Rubro-negro venceu o Fluminense por 1 a 0, nesta quarta-feira, e sagrou-se campeão pela 36ª vez. O time de Odair Hellmann até tentou, mas não conseguiu a força necessária para alcançar o resultado que precisava. Num primeiro tempo bem aguerrido e contra-ataques promissores, o Tricolor foi para o vestiário acreditando que ainda dava. Porém, a segunda etapa não foi como a de três dias atrás, a atuação ficou aquém e o goleiro adversário, Diego Alves, mal precisou trabalhar.

Confira as atuações do Fluminense pelo Esporte News Mundo:

Muriel – 6,5
Deu azar no lance do gol. Durante o jogo não comprometeu muito e fez algumas defesas.

Gilberto – 6

Não conseguiu criar chance lá na frente, e saiu para a entrada de Araújo.

Michel Araújo (Entrou aos 16) – 6

Nada produziu de positivo.

Matheus Ferraz – 6

Algumas bolas poderia ter tido mais calma no segundo tempo, mas optou por afastar para onde dava, devolvendo a bola para o Flamengo.

Nino – 6,5

Fez uma partida boa no geral. Não teve culpa pelo vice-campeonato, pelo contrário. Ganhou bastante espaço com Odair em sua boa campanha

Egídio – 5,5

Não conseguiu chegar à frente com muito perigo. Não fosse um chutado travado, nem seria lembrado pelo segundo tempo

Hudson – 6

Cometeu algumas faltas e foi improvisado na lateral-direita quando da saída de Gilberto, onde não comprometeu. Quase criou encrenca com Michael após sofrer o gol. Feio!

Yago Felipe – 6,5

Saiu para o Flu ter mais opções ofensivas, mas não fazia má partida.

Ganso (entrou aos 27) – 6

18 minutos foi muito pouco tempo para que pudesse fazer algo efetivo.

Dodi – 7

Fez boa partida, mas melhor no primeiro tempo.

Felippe Cardoso (entrou aos 40) – Sem nota

Nenê – 6,5

Caiu bastante de rendimento no segundo tempo.

Marcos Paulo – 6,5

Deu trabalho no primeiro tempo, mas no segundo o Flu não quis jogar e ficou sumido.

Fernando Pacheco (Entrou aos 16) – 5,5

Não criou nenhuma chance

Evanílson – 6,5

Acho que deveria ter ficado, pois era o jogador mais perigoso do time junto de Marcos Paulo.

Caio Paulista (Entrou aos 27) – 5,5

Também foi infeliz ao tentar produzir algo no fim.

Odair Hellmann – 5,5

Sua estratégia de segurar o Flamengo deu certo no primeiro tempo. Mas, na etapa final, time poderia ter tido a postura que teve nos últimos 45 minutos do jogo de ida. A equipe demorou muito a querer entrar no jogo, o que fez que, quando tentou entrar, o Flamengo já tinha a partida sob controle.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top