Vasco

Atuações ENM: jogadores da defesa recebem as piores notas em derrota do Vasco

Foto: Raul Pereira/Fotoarena
— Continua depois da publicidade —

O Vasco mantém o amargo jejum de jogos sem vencer. Agora já soma oito partidas. Neste domingo, o Cruz-Maltino foi derrotado pelo Internacional por 2 a 0, no Beira-Rio, pelo Campeonato Brasileiro. O placar foi construído ainda no primeiro tempo, etapa em que apenas os donos da casa jogaram. Falhas individuais foram determinantes para o resultado, porém o coletivo também não funcionou.

Mandaram mal

Yago Pikachu – 4,0
Irreconhecível, sem confiança e perdido em campo, o lateral-direito empilha atuações ruins em 2020. Mais uma vez o jogador foi inoperante no ataque e inseguro na defesa.

Fernando Miguel – 4,5
Falhou no gol de Edenílson, o primeiro do Internacional, ao não mostrar tempo de reação no chute do jogador colorado. A bola não foi tão forte e nem tanto no canto para o goleiro não tentar pular para fazer a defesa. Se redimiu no segundo tempo com duas boas defesas, mas não o suficiente para aumentar a nota.

Leandro Castan – 4,5
Líder e capitão do time, o zagueiro caiu muito de produção nas últimas rodadas. Dessa vez cometeu um pênalti ao errar um bote que normalmente acertaria, ocasionando o segundo gol do Internacional.

Mandaram bem

Carlinhos – 6,0
Esteve mal na primeira etapa, mas não se omitiu de tentar as jogadas. Cresceu no segundo tempo e levou o Vasco ao ataque, sem muito brilhantismo, porém com bastante determinação e empenho. Destaque pelo esforço em campo.

Talles Magno – 6,0
Levou a melhor em alguns lances individuais, mas não chegou a ser tão efetivo na criação das jogadas. No entanto, não se escondeu em nenhum momento do jogo. Sofreu faltas, ajudou na marcação e mostrou empenho em mudar o panorama da partida.

Germán Cano – 6,0
Se movimentou, buscou o jogo e foi aguerrido nas disputas pela bola. Não teve chances claras, mas finalizou com perigo de fora da área em duas oportunidades.

Atuações

Fernando Miguel – 4,5

Yago Pikachu – 4,0

Miranda – 5,5

Leandro Castan – 4,5

Henrique – 4,5

Andrey – 5,5

(Fellipe Bastos) – sem nota

Marcos Júnior – 5,0

(Guilherme Parede) – 5,0

Carlinhos – 6,0

Benítez – 5,5

(Vinícius) – sem nota

Talles Magno – 6,0

Germán Cano – 6,0

Alexandre Grasseli – 5,0

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top