Palmeiras

Atuações ENM: Zé Rafael vai mal, Scarpa salva Palmeiras com gol de falta e time sai na frente na final da Recopa. Veja as notas!

Rony atuando pelo Palmeiras na final da Recopa. Foto César Grecco

O Palmeiras saiu na frente após vencer o jogo de ida da Recopa Sul-Americana contra os argentinos do Defensa y Justicia por 2 a 1, mas não convenceu e por muitos momentos sofreu, chegando a tomar o empate em 2 a 2, que não se concretizou por conta da anulação do gol pelo VAR.

Foi o primeiro jogo dos titulares do Palmeiras na temporada e a primeira Recopa Sul-Americana que o clube disputou. As notas foram:

Destaques:

Weverton – 7,5 Goleiro foi muito bem como sempre, seguro. Sofreu um gol que não era defensável.
Breno Lopes – 8 Foi o a válvula de escape que o time precisava. Brigou muito e ajudou bastante na marcação.
Rony – 7 Fez o gol e se dedicou muito na briga com os zagueiros. Correu muito e tentou de tudo, a bola chegou pouco.
Zé Rafael – 3 Desligado, foi muito mal. Não acertou nada que tentou com a bola, marcou mal e perdeu bolas importantes
Raphael Veiga – 5 Não foi notado em campo. Não criou e não marcou, sem intensidade nenhuma.

As notas:

Weverton – 7,5 Goleiro foi muito bem como sempre, seguro. Sofreu um gol que não era defensável.
Marcos Rocha – 5 Inofensivo no ataque e desligado na parte defensiva. Sofreu e não conseguiu ser seguro.
Luan – 5 Não comprometeu, mas também não colaborou. Errou em coberturas e falhou no gol de Romero.
Gustavo Gómez – 6 Seguro como sempre, porém não foi muito atacado. Quando necessário, se saiu bem.
Matías Viña – 5 Não foi figura marcante no ataque e sofreu com bolas nas costas na fase defensiva.
Felipe Melo – 6 Ficou sobrecarregado na marcação. Não conseguiu iniciar com frequência saída de bola.
(Patrick de Paula) – 5 Melhorou a saída de bola do time junto com Danilo e marcou bem.
Zé Rafael – 3 Desligado, foi muito mal. Não acertou nada que tentou com a bola, marcou mal e perdeu bolas importantes.
(Danilo) – 6 Ajudou muito na saída de bola com Patrick de Paula. Foi bem na marcação;
Raphael Veiga – 5 Não foi notado em campo. Não criou e não marcou, sem intensidade nenhuma.
(Gustavo Scarpa) – 6 Só apareceu por fazer o gol. Não acrescentou muito no desenvolvimento ofensivo nem defensivo.
Breno Lopes – 8 Foi o a válvula de escape que o time precisava. Brigou muito e ajudou bastante na marcação.
(Mayke) – 5 Entrou para marcar e não foi bem. Saiu um gol – que foi anulado – no setor que devia estar ajudando.
Rony – 7 Fez o gol e se dedicou muito na briga com os zagueiros. Correu muito e tentou de tudo, a bola chegou pouco.
Willian – 6 Importante na recomposição defensiva. Participou do primeiro gol, mas teve atuação apagada.
(Lucas Esteves) – 5 Acrescentou o fôlego necessário defensivamente, não tentou e não acertou nada no ataque.
Técnico Abel Ferreira – 6 Demorou para fazer substituições. Abusou das mexidas defensivas.

 Para saber tudo sobre o Palmeiras, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top