Santos

Auxiliar do Santos coloca Alison na disputa do meio-campo contra a LDU; volante não é titular há dois meses

Alison, volante do Santos (Ivan Storti/Santos)

Após perder para o Athletico-PR, por 1 a 0, na Arena da Baixada, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Santos já vira a chave e começa a pensar no duelo contra a LDU, daqui dois dias, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores.

Uma opção é o retorno do volante Alison no meio-campo. O Santos quer reforçar a forte marcação atuando fora de casa, além de ter fôlego na altitude de quase 3.000 metros no Equador. O atleta não inicia uma partida como titular desde 15 de setembro, contra o Olimpia, do Paraguai, pela Libertadores, na Vila.

O último jogo de Alison aconteceu há um mês, na derrota para o Fluminense, por 3 a 1. Na ocasião, o atleta entrou em campo aos 15 minutos da segunda etapa, mas foi substituído aos 32 com um trauma na região do abdômen.

Durante o período, Alison tratava da contusão, mas testou positivo para o novo coronavírus há duas semanas, ficando assim, isolado por 10 dias. Recuperado, o camisa 5 do Santos treinou sem limitações na manhã deste sábado, em Curitiba.

“Questão do Alison é outro jogador que está voltando de Covid, trabalhou hoje de manhã. Vai lá pra cima (Quito) e vamos ver se vai ser melhor. Perdemos três jogadores, esperamos os testes até às 14h, momentos antes de ir pra preleção. É caso de Sandry, João Paulo e Madson. São jogadores que acusaram no testes. Um monte de jogador que saiu junto com eles que testaram negativo”, falou Marcelo Fernandes.

O Santos chega no Equador neste domingo, e terá a segunda-feira para trabalhar a equipe antes do duelo. O Peixe decide a vaga na Vila Belmiro, no dia 1º de dezembro.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top