Juventude

Auxiliar técnico do Juventude comemora vitória em confronto direto.

Fernando Alves/ E,C Juventude

Após a partida contra a Chapecoense, o auxiliar técnico Eduardo Barros concedeu entrevista coletiva e comemorou bastante a vitória desta segunda feira no Alfredo Jaconi. Lembrando que, com essa vitória o Papo quebrou uma sequência negativa de quatro jogos sem vencer.

Sem a presença de Marquinhos Santos por suspensão, Eduardo afirmou que o gol no início do jogo influenciou na partida.

– A análise dessa partida é a importância de voltar a vencer após quatro jogos sem o resultado positivo. Hoje, mais do que uma boa apresentação, era necessário voltar a vencer. Foi um jogo em que o cenário mudou  muito rapidamente, quando logo nos primeiros minutos fizemos 1 a 0. Isso faz com que a estratégia de marcação do adversário mude e altere até mesmo a nossa estratégia de jogo com a vantagem no marcador. A partir disso, passa a se ter uma tática mais conservadora – Salientou.

Eduardo Barros disse que a perda de intensidade foi devido ao desgaste físico dos jogadores que não participaram das partidas. Lembrando que a equipe do Ju teve desfalques por suspensão, Covid e lesão nessa semana de preparação.

– Foram cinco alterações do time que iniciou a última partida e até mesmo participação de atletas que acabaram de chegar, que é o caso do Dawhan. Então, quando tem tanta mudança como houve, se perde rendimento e intensidade. Por isso, é claro que a equipe acaba perdendo um pouco do entrosamento. No começo da partida, conseguimos encaixar a marcação, mas isso foi se perdendo com o passar do tempo – Ponderou Eduardo Barros.

Com essa vitória diante da Chapecoense, o Papo subiu para a 13ª  colocação com 16 pontos e      segue longe da zona de rebaixamento. O próximo confronto é contra o Atlético-MG, Vice-Líder do Campeonato Brasileiro, Domingo (08), no Alfredo Jaconi.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top