Red Bull Bragantino

Barbieri valoriza a atuação do Red Bull Bragantino no empate contra o Atlético: “Fizemos um grande jogo”. 

No empate em 1×1 o treinador pelo Campeonato Brasileiro o treinador também reclamou da arbitragem e falou sobre poupar jogadores contra o Palmeiras

Na noite desta quarta-feira (11), o Red Bull Bragantino recebeu a equipe do Atlético-MG, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro e ficou. Pelo placar de 1×1, Ytalo foi o autor do gol que abriu o placar e Nacho Fernández empatou para o Galo. 

Após a bola parar de rolar no Ceará, o treinador Mauricio Barbieri, falou sobre a partida e a atuação do Braga.

“Fizemos um grande jogo. Não enfrentamos qualquer adversário. É um adversário qualificado, que joga junto há bastante tempo. No primeiro tempo, fomos fiel à nossa identidade. O que faltou foi aproveitar um pouco mais as oportunidades criadas. Foram muitas bolas cruzadas na área que não conseguimos colocar para dentro. O número de finalizações foi baixo, mas o número de oportunidades foi alto.” comentou o técnico que pode voltar à beira do campo depois de dois jogos fora por covid-19. 

“No segundo tempo, caímos um pouco. Eles passaram a controlar um pouco mais, fizeram um gol em uma falta. Ainda assim, tivemos contra-ataques, que poderíamos ter aproveitado. Defendemos bem. Estou também muito feliz com a volta do Raul, o Artur voltando a render perto do que pode (…) Queríamos a vitória, mas no geral foi um jogo equilibrado. Um ponto importante”, concluiu.

Siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitterFacebook e Youtube.

Foto: Ari Ferreira / Red Bull Bragantino

O treinador também criticou, e bastante, a arbitragem. No jogo houve a expulsão do lateral-esquerdo Ramon, que depois do jogo foi reclamar com o árbitro e acabou sendo expulso. 

“ O Ramon se excedeu na cobrança. A gente vai conversar com calma. Agora eu preciso saber quem é que dá cartão para o juiz. Porque ele faz o que quer, falta com educação, destrata as pessoas. Numa falta que o Ramires sofreu, ele deu um soco na bola. O Arana deu um tapa na cara do Jan Hurtado. E aí tem VAR e ninguém vê. Eu tomei cartão quando o Artur foi para cima aqui, um lance que poderia ser pênalti. Eu falei para o bandeira: ‘tem que checar’. O árbitro mandou bater a falta sem nem esperar checar. E se tivesse sido pênalti? Aí pelo protocolo ele não poderia voltar atrás. E quem é que dá cartão para o árbitro?”, reclamou.

“Porque esse aí [o árbitro] não é a primeira vez que acontece isso. A CBF tem um quadro de ótimos árbitros. Consigo citar um monte, mas esse que veio hoje aí… tanto é que ninguém sai satisfeito. E não é só na questão disciplinar, é na questão do respeito, educação, de tratar as pessoas com decência. Que foi o que não aconteceu”, finalizou o treinador irritado com a arbitragem. 

+Em jogo movimentado, Red Bull Bragantino e Atlético-MG empatam pelo Brasileirão

+ Atuações ENM: Cleiton salva, Ytalo marca e Red Bull Bragantino empata com o Galo; Veja notas

Após o empate, o Bragantino ocupa a quinta colocação do Brasileiro, com nove pontos e um jogo a mais do que a maioria das equipes. O próximo jogo é no sábado (14) quando vai a São Paulo para enfrentar o Palmeiras, às 16h30, no Allianz Parque, pela sexta rodada do Brasileirão. E não para por aí, na terça-feira (17) já recebe o Estudiantes-ARG, pela Libertadores, em jogo importantíssimo para a classificação na competição. Barbieri foi perguntado sobre a sequência. 

“A gente se mantém na parte de cima, temos condições de recuperar esses pontos e fazer uma grande temporada, que é o nosso objetivo. O jogo de terça-feira é importante, decisivo. Não vamos correr riscos excessivos. A gente trabalha muito para controlar o máximo possível. Se entendermos que existe algum risco, vamos optar por outro jogador. Falo isso com tranquilidade porque temos conseguido manter bom rendimento com as trocas”, explicou o treinador que deve rodar o time no duelo contra o alviverde. 

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top