Futebol Internacional

Barcelona define limite por Lewandowski e não vai subir oferta, diz jornal

Foto: Divulgação / Bayern de Munique

A negociação do Barcelona com o atacante Robert Lewandowski, do Bayern de Munique, avançou nas últimas semanas, mas o clube catalão colocou um limite a ser atingido pelo jogador. Ainda vivendo um momento financeiro delicado, o clube catalão não deve superar o teto de gastos que foi estabelecido. De acordo com as informações do jornal espanhol “As”, o Barcelona vai oferecer, no máximo, 60 milhões de euros (aproximadamente R$ 311 milhões na cotação atual) para convencer o Bayern.

A imprensa europeia confirmou que o empresário do jogador, Pini Zahivi, esteve em Barcelona durante a semana e, além de comprar algumas camisas na loja do clube catalão, também esteve olhando casas que poderiam servir de residência para Lewandowski. Nos bastidores, o atacante também já pediu à diretoria do Bayern de Munique para ser liberado em busca de novo desafio na carreira.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Aliás, esse posicionamento de Lewandowski obrigou uma movimentação dos dirigentes do clube alemão, que estavam despreocupados pelo fato de o atacante ainda tem mais um ano de contrato com o clube. Diante do desejo do polonês e o interesse do Barcelona, o Bayern terá que definir o futuro do atacante de 33 anos e uma liberação não está descartada.

Lewandowski ainda é um jogador muito importante para o clube alemão e segue sendo o principal goleador da equipe. Mesmo que o objetivo de conquistar a Liga dos Campeões não tenha sido atingido, o Bayern de Munique novamente chegou ao topo do Campeonato Alemão, tendo Lewandowski como um de seus principais jogadores. Os alemães chegaram a observar o mercado em busca de um substituto, mas nenhum alvo foi definido oficialmente.

Agora a intenção do Barcelona é conseguir a liberação de Lewandowski sem ultrapassar o teto estabelecido. Apesar de ser considerado um reforço muito importante, o polonês está próximo de completar 34 anos e, além disso, ficará livre ao final da próxima temporada. Os dois motivos são suficientes para os catalães não aceitarem pagar mais do que os 60 milhões de euros. Enquanto isso, o Bayern não parece disposto a aceitar a quantia para liberar seu principal artilheiro.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top