Internacional

Bastidores da vitória do Inter na Sul-Americana revelam discursos de Mano Menezes e aplausos para Edenilson

Ricardo Duarte/Internacional

Na última terça-feira (17), o Internacional recebeu o Independiente de Medellín, no Beira-Rio, e saiu com a vitória por 2 a 0. O jogo era de extrema importância para a equipe do técnico Mano Menezes, já que servia para encaminhar uma classificação para as oitavas de final da Sul-Americana. O treinador, inclusive, sabia da relevância deste duelo.

Como padrão do Internacional depois de vitórias, foi divulgado os discursos de Mano Menezes no pré e pós-jogo. Antes da partida, então, fica claro exatamente a importância que o treinador sabia existir nesse duelo.

– É agora. Essa é a hora que vocês trabalham a temporada inteira para chegar em um jogo decisivo, importante, e mostrar que tem capacidade de alcançar o objetivo. Esse é o primeiro objetivo que temos na Sul-Americana. Essa é a primeira decisão que temos pela Sul-Americana. Vamos ter duas, mas só vai ter a segunda se passar hoje. Então vamos lá – disse Mano Menezes para o grupo de jogadores.

Para saber tudo sobre o Internacional, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Depois da vitória, conquistada com dois gols de Edenilson, Mano Menezes voltou a analisar a vitória. Desta vez, falou para o elenco sobre o merecimento no triunfo, mas ressaltou que, os três jogos anteriores, em que deixou escapar os três pontos, precisam ser usados de exemplos para o time ser mais “duro”. Além disso, o comandante colorado ainda ressaltou a boa fase defensiva.

– Vocês já sabiam que essa vitória estava amadurecendo. Nós já tínhamos deixado ela escapar três vezes. Vamos tentar ser mais duros e não deixar ela escapar. Para ela ser mais frequente e se apresentar em números na tabela do Brasileirão, que já podia ser melhor para nós, vocês sabem disso. O futebol é duro. E nós temos que ser duros com ele. Se nós formos melhor que o adversário nós temos que botar no placar, que é para os caras respeitarem a gente. Não tomamos gol de novo e demos muito poucas oportunidades para o adversário, em um jogo decisivo. É assim que tem que ser. Equipe madura e consciente de como quer construir o resultado. Esse é o nosso caminho e é assim que vamos longe – finalizou Mano Menezes.

Palmas para Edenilson

Além dos discursos de Mano Menezes, os bastidores da vitória do Internacional revelaram outro momento importante. Autor dos dois gols do triunfo, e após sofrer injúria racial contra o Corinthians, Edenilson celebrou muito fazendo o gesto antirracista. Mais tarde, ao entrar no vestiário, foi aplaudido por todo o vestiário do Colorado, em que estavam, além dos jogadores, outros funcionários, membros da diretoria e da comissão técnica.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top