Eliminatórias Copa do Mundo

Bélgica aplica goleada de 8 a 0 e se isola na liderança do grupo E das Eliminatórias para a Copa do Mundo

Divulgação/EURO2020

A Bélgica goleou a Bielorrússia por 8 a 0 nesta terça-feira (dia 30), em confronto válido pela terceira rodada das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo. Os gols foram marcados por Michy Batshuayi, Hans Vanaken (duas vezes), Leandro Trossard (duas vezes), Jérémy Doku, Dennis Praet e Christian Benteke. Com o resultado, os belgas se isolam na liderança do grupo E com sete pontos, já que a República Tcheca perdeu para o País de Gales e permaneceu com quatro pontos.

+ Muito além das mortes: Controvérsias da Copa do Mundo no Catar são antigas

Devido à maratona de jogos – três partidas em sete dias -, o técnico Roberto Martínez colocou time misto em campo. Titulares absolutos, Kevin De Bruyne e Romelu Lukaku ficaram no banco de reservas e não entraram no segundo tempo por conta da vantagem no placar e da tranquilidade com a qual os jogadores dominaram o adversário. A Bélgica manteve 69% de posse de bola, finalizou 21 vezes – 15 no alvo – e trocou 720 passes. O goleiro Mignolet não trabalhou, uma vez que nenhum dos quatro chutes da Bielorrússia foram na direção do gol.

Dos oito gols, o mais impressionante foi o primeiro de Trossard, na etapa inicial. Aos 38′, o atacante do Brighton recebeu passe de Vanaken e, de fora da área, arriscou o chute. A bola subiu de mansinho e foi parar no ângulo direito do goleiro adversário, sem chance de defesa.

+ Treinador da Atalanta é eleito o melhor do campeonato italiano pela segunda vez seguida

+ Robert Lewandowski se machuca em jogo da seleção polonesa e ficará cerca de quatro semanas afastado dos gramados

Próximos compromissos

As Eliminatórias para a Copa do Mundo retornam apenas em setembro. A Bélgica, no entanto, participará da Eurocopa em junho. No dia 12, estreia contra a Rússia; no dia 17, enfrenta a Dinamarca; e no dia 21, desafia a Finlândia.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top