Geral

Bellator: Russo vence ex-UFC para se tornar campeão interino dos pesados

Divulgação/Facebook Oficial Bellator MMA

O Bellator 261 foi uma das atrações do MMA nesta sexta-feira (25), com o evento realizado na Mohegan Sun Arena, em Uncasville (EUA). A luta principal do card colocou em disputa o cinturão interino dos pesados entre o russo nascido na Ucrânia Valentin Moldavsky e o americano ex-UFC Timothy Johnson.

O russo praticamente não suou para garantir uma vitória dominante sobre Johnson na decisão dos juízes e levar o título para casa. Agora, terá que esperar Ryan Bader, campeão da categoria e que está disputando o GP dos meio-pesados, para definir se irá ter também o título ‘oficial’.

A luta

O começo da luta foi equilibrado e com os dois lutadores mostrando suas melhores habilidades. Mas Moldavsky começou a se soltar no segundo round e apostar em sequências de socos que atingiram Johnson. O colega de time da lenda Fedor Emelianenko manteve o ritmo na segunda parte da luta, com boas conexões e forçando o rival a também ir para a trocação.

No terceiro round, foi a vez do americano ter a chance de bater forte e conseguir dar algum trabalho ao russo, que ainda conseguiria retomar o controle em pé e colocar o adversário no chão nos segundos finais do assalto, pegando as costas mas apenas para exercer o domínio e sem se dedicar a buscar a finalização.

Moldavsky seguiu em cima no quarto assalto e até deu uma cabeçada ilegal em Johnson, que gerou um corte mas não uma punição ao lutador russo-ucraniano. O americano procurava apostar em levar a luta para uma trocação mais forte, mas o adversário se contentava em ditar o ritmo da luta e ser o mais ativo em pé e no chão. O americano tentou ir para cima no último round, apostando no soco que poderia lhe dar o nocaute. O russo manteve o ritmo da luta e não apresentou espaços para o rival vencer e ficou com o cinturão interino do Bellator.

Liz Carmouche nocauteia; John Macapá perde

O Bellator 261 também teve outras atrações nesta sexta. Outra oriunda do UFC, Liz Carmouche, subiu ao octógono e, em apenas 35 segundos, venceu a japonesa Kana Watanabe por nocaute para conquistar sua terceira vitória seguida na organização e sonhar com uma possível disputa de cinturão.

Único brasileiro presente ao Bellator desta semana, John Macapá caiu para John DeJesus na decisão dividida dos juízes. Foi a segunda derrota seguida do amapaense, que voltou à organização depois de quase dois anos fora tanto desta como do MMA (sua última luta, derrota para Mikuru Asakura, fora pelo RIZIN em dezembro de 2019)>

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top