Bahia

Bellintani fala sobre goleada sofrida: ‘Fomos com uma forma de jogar um pouco exposta para um time que tem a qualidade técnica do Flamengo’

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O presidente Guilherme Bellintani participou de entrevista à rádio Metrópole FM na noite desta quarta-feira (21). A goleada sofrida por 5×0 para o Flamengo, no último domingo (18), foi comentada pelo dirigente do Bahia.

Para saber tudo sobre o Bahia, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Quando foi perguntado sobre os motivos que levaram ao vexame em Pituaçu, o presidente afirmou sobre o fato do Bahia ter atuado sem jogadores que vinham jogando normalmente e da forma “exposta” que entrou contra um adversário de características agressivas. Ele disse que teve uma conversa com a comissão técnica e jogadores.

“A gente passa por um momento de dificuldade. Jogamos sem três ou quatro jogadores que vinham jogando habitualmente. Sofremos com isso. O que estou falando aqui também foi discutido com jogadores e comissão técnica e acho que fomos com uma forma de jogar um pouco exposta para um time que tem a qualidade técnica do Flamengo. Se a gente for observar, os últimos jogos com o Flamengo foram de muitos gols: 4×3, 5×3, 3×0. É uma pena que dessa vez a gente não tenha feito nenhum, mas foram jogos sempre com muitos gols. Com a qualidade que o Flamengo tem, empolgado pela chegada de Renato Gaúcho, e a gente entrando com o time um pouco mais exposto e sem alguns titulares com quem vínhamos trabalhando, a conjuntura foi muito desfavorável para nós”.

O dirigente também falou em tirar rapidamente o peso da derrota e trabalhar para os jogos em sequência.

“O que tem que olhar é ver exatamente os motivos disso tudo, corrigir e buscar não abalar a confiança do time. O time vem com uma confiança grande, pontuando entre os 10 primeiros do campeonato desde a primeira rodada. A gente quer se manter com esse objetivo. É o tipo de resultado que tem que nos ensinar muito, mas não pode virar um peso nas nossas costas a partir de agora. Tem que entender que passou, aprender com isso, mas rapidamente tirar esse peso das costas e trabalhar para dois jogos na sequência contra o Atlético Mineiro. Mas, é o tipo de derrota que fica a marca por muito tempo. O que a gente trabalha é não trazer disso um peso enorme para o resto do campeonato”.

O Bahia está na oitava colocação, com 17 pontos ganhos. O tricolor encara o Atlético-MG no próximo domingo (25), às 11h, no Mineirão, pela 13ª rodada do Brasileirão. Na quarta-feira (28), o time vai encarar novamente o Galo em BH, pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top