Avaí

Betão é condecorado com homenagem do Avaí no intervalo da vitória sobre o Coritiba

Divulgação/Avaí

O Avaí conquistou mais uma vitória dentro de casa, na última segunda-feira (09), e assumiu a terceira posição do Campeonato Brasileiro. Porém, não foi só o triunfo do Leão da Ilha que foi destaque na Ressacada. Ebert William Amâncio, nacionalmente conhecido como Betão, recebeu uma homenagem do clube durante o intervalo do jogo. O ex-jogador, e agora coordenador das categorias de base da equipe, ganhou uma placa com o número três do presidente Júlio Heerdt no intervalo da partida diante o Coritiba.

Foram mais de 2000 dias, 271 jogos e cerca de seis anos da trajetória de Betão no Avaí. Ele chegou em 2016 no clube e após três acessos para a série A e dois títulos catarinenses, como capitão, o defensor se aposenta como um dos maiores nomes na história do Leão da Ilha. No intervalo do jogo, válido pela 5ª rodada do Brasileirão, diante do Coritiba, o zagueiro foi ovacionado pela torcida quando as luzes se apagaram. Além do mais, a luz focou no ex-jogador no momento em que ele saiu do túnel para receber a homenagem. Apesar de pendurar as chuteiras, Betão seguirá no clube, pois Júlio Heerdt anunciou, na semana passada, a função que o ex-atleta assumirá no Avaí.

— O Betão está trocando de profissão. Ele deixa de vestir a nossa camisa em campo para vestir a nossa camisa como um gestor do clube, como uma pessoa que vai emprestar a sua experiência, o seu exemplo, o seu caráter, esforço e dedicação agora na formação dos atletas do Avaí. Ele vai ser mais um elemento dentro do clube para que a gente consiga formar e materializar o DNA Avaiano desde a formação da base e vai assumir a função de coordenador técnico do Sub-20 e Sub-17. Eu fiquei muito feliz que ele aceitou o convite. —  Explicou o presidente do Avaí.

Para saber tudo sobre o Avaí, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Betão escreveu uma bela história com a camisa do Avaí. O xerife, como foi denominado pelas torcidas onde passou, viveu altos e baixos atuando pelo Leão da Ressacada. Os rebaixamentos não foram motivos de desanimo para o ex-atleta, que nunca deixou de trabalhar e respeitar os companheiros e adversários. Sua passagem será lembrada pelos títulos, acessos a elite do futebol brasileiro, premiações individuais e por sua ligação com o clube catarinense.

— Com muito prazer e orgulho, anuncio o final de um ciclo da minha vida como jogador profissional e o início de uma nova trajetória. Termino não de maneira melancólica, mas consciente e feliz, porque fui muito além daquilo que minha capacidade permitia. Pude jogar nos melhores estádios, grandes países, contra os melhores jogadores. Me sinto muito realizado. — Disse Betão.

Os tempos de Xerife acabaram para Betão, mas sua jornada pelo Leão seguirá nos próximos anos. O Avaí inicia hoje a preparação para o confronto contra o Juventude, partida válida pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro, no domingo, às 18h, na Ressacada, em Florianópolis. Após um hiato de 12 anos, o Leão da Ilha alcançou o G4 da tabela de classificação e, em caso de triunfo diante o papo e tropeços de Corinthians e Santos, o time pode assumir a liderança parcial do Brasileirão.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top