Eurocopa

Blind revela que considerou não jogar a Euro após parada cardíaca de Eriksen

FOTO: DIVULGAÇÃO

O holandês Daley Blind revelou que o susto que Christian Eriksen deu no mundo do futebol no último sábado (12), quase o fez desistir de disputar a Eurocopa na atual temporada. Também com históricos de problemas cardíacos, o jogador de 31 anos garantiu que ter visto tudo o que aconteceu com Eriksen, que foi seu companheiro no Ajax, o abalou profundamente. Apesar disso, Blind conseguiu superar todo o abalo e representou a seleção holandesa na estreia da Eurocopa, na vitória por 3 a 2 sobre a Ucrânia.

Em entrevista à emissora holandesa NOS, Blind admitiu que temeu perder um amigo e, além disso, também cogitou a possibilidade de o fato ter acontecido com ele, justamente pelo seu histórico de problemas cardíacos. Após a vitória sobre a Ucrânia, o jogador do Ajax foi flagrado deixando o campo chorando.

— Além do fato de eu conhecer bem o Christian como amigo, a situação para ele é terrível. Claro que também passei por algumas coisas nessa área, então tive que superar um obstáculo mental para jogar. Tive muitos problemas com isso, mas estou orgulhoso de ter conseguido superar. Aí toda a emoção sai por um tempo. Definitivamente, pensei em não participar. As imagens e o momento tiveram muito impacto e não dormi muito bem por causa deles. Realmente tive que superar um grande obstáculo para estar em campo — afirmou Blind.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

O jogador holandês também pediu para que, neste momento, seja respeitado o processo de recuperação de Eriksen, sem que se faça nenhuma projeção sobre o futuro da carreira do jogador dinamarquês.

— Deixe-o em paz. Não façam especulações sobre o futuro dele. O Eriksen precisa de tempo e espaço para se recuperar. Se não fosse bem, começaria a assombrar sua cabeça ainda mais. Ele está incentivando seus companheiros a jogarem. Foi por isso que decidi jogar sozinho. Também porque estou seguro de acordo com os médicos — finalizou Blind.

A Holanda agora volta a campo na próxima quinta-feira (17), para enfrentar a Áustria, às 16h (de Brasília), em Amsterdã. Com a vitória na estreia, os holandeses ocupam a segunda colocação do grupo C, justamente atrás do próximo adversário que, no primeiro jogo, venceu a Macedônia do Norte por 3 a 1.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top