Palmeiras

Bombou na semana do Palmeiras: goleada na Libertadores, derrotas no Paulistão e entrave na negociação por Castellanos; veja o top 5

FOTO: DIVULGAÇÃO/PALMEIRAS/CESAR GRECO

Chega ao fim mais uma semana cheia de jogos no calendário do Palmeiras. Como nas últimas, o que movimentou o dia a dia do Verdão foram as partidas disputadas pelo Paulistão e pela Libertadores, com altos e baixos, e as movimentações no “mercado da bola”.

DERROTA PARA O MIRASSOL

A semana do Palmeiras começou com um momento ruim no Campeonato Paulista. No Allianz Parque, o Verdão recebeu o Mirassol, no domingo (25), em partida válida pela oitava rodada do estadual e perdeu por 2 a 1 para o time de Eduardo Baptista, ex-técnico do Alviverde.

Com um time repleto de jovens das categorias de base, o Verdão pecou na pontaria, parou em grande atuação de Alex Muralha (com direito a defesa em pênalti cobrado por Gabriel Menino) e em uma boa atuação do time do interior paulista. Com o resultado, o Palmeiras começou a se distanciar de uma vaga na próxima fase do Paulistão.

GOLEADA NA LIBERTADORES

Na terça-feira (27), o Verdão viveu o grande momento da semana. Pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América, o Palmeiras goleou o Independiente del Valle, do Equador, por 5 a 0 no Allianz Parque em uma noite com grandes atuações individuais de Rony, Patrick de Paula, Weverton e Victor Luís.

Além disso, Luiz Adriano voltou a marcar depois de mais de três meses, quando marcou dois gols na vitória por 4 a 0 contra o Corinthians.

Com o resultado, o Alviverde é o líder do grupo A com seis pontos conquistados em duas partidas disputadas. Atrás dele vem o Defensa Y Justicia com quatro pontos, o Indepediente del Valle com apenas um e o Universitário com nenhum ponto. Melhor campanha geral nas últimas três edições do torneio continental, o time de Abel Ferreira vai em busca dessa liderança para poder decidir os jogos da fase mata-mata em casa.

ENTRAVE NA NEGOCIAÇÃO POR CASTELLANOS

O Verdão continua se movimentando no mercado da bola. Apesar de estar tudo fechado com os representantes do atacante argentino Castellanos, do New York City, o clube da MLS ainda não quer liberar o atleta para o time brasileiro.

O entrave na negociação se dá por conta da falta de peças de reposições para o centroavante do time nova-iorquino, já que o outro jogador da posição, o brasileiro Héber, se lesionou e ainda está em recuperação médica.

No meio da semana, o treinador da equipe de Nova Iorque, Ronny Deila, chegou a dizer que Castellanos não sairá do time, apesar do atacante já treinar separadamente do restante do elenco.

DERROTA PARA INTER DE LIMEIRA

A semana alviverde teve outro momento negativo em relação ao Paulistão. Na quinta-feira (29), o Palmeiras perdeu para a Inter de Limeira por 1 a 0 no Allianz Parque e dificultou ainda mais a situação no grupo C. Com nove jogos disputados, o Verdão possui doze pontos conquistados. Já o primeiro e o segundo colocado, Red Bull Bragantino e Novorizontino, respectivamente, têm 21 pontos em dez partidas e 18 em nove.

Dessa maneira, a classificação para a próxima fase do Paulistão está muito ameaçada para o Alviverde. Porém, se for eliminado, a equipe ganhará espaço na agenda para treinos e vai se desgastar menos antes de partidas de Libertadores, o que é visto com bons olhos por parte da torcida palmeirense.

GALIOTTE DEFENDENDO PAULISTÃO COMO “PRÉ-TEMPORADA”

Após a derrota para a Inter de Limeira, o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, saiu em defesa do trabalho de Abel Ferreira e do desempenho do time no estadual. Ele disse que já estava acordado entre diretoria e comissão técnica que o Paulistão seria uma espécie de “pré-temporada” para a equipe:

– O Palmeiras sempre planejou o Paulistão como um período de pré-temporada. Tem ajustes no time, reforços, tudo já “planilhado”, tudo no orçamento. Há um alinhamento com comissão técnica e diretoria – falou Galiotte ao ge.globo.

Ele também argumentou que uma eventual eliminação não seria um vexame para o clube:

– É uma situação que faz parte do processo a partir do momento em que você opta por esse planejamento. Não tem isso de vexame. Iniciamos o Paulistão no meio da decisão da Copa do Brasil, o clube tem que escolher qual caminho seguir – completou o presidente do Palmeiras

Para saber tudo sobre o Palmeiras, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top