Opinião

Borja pode ser a solução para os problemas do ataque do Palmeiras

Borja - Palmeiras
Foto: Reprodução

O empréstimo de Miguel Borja ao Junior Barranquilla se encerra em 30 de junho e o Palmeiras busca clubes interessados no atleta. O Verdão recusou proposta de empréstimo do Boca Juniors e pretende vender o atacante colombiano por uma valor próximo aos US$ 5 milhões (R$ 23 milhões na cotação atual).

Apesar da intenção do Palmeiras, o atacante colombiano pode ser a peça que falta para o setor ofensivo palmeirense. Aos 28 anos, Borja vive grande momento no Junior Barranquilla. Em 2021 o centroavante anotou 14 gols em 22 jogos pela equipe. O desempenho na seleção colombiana também é bom, tendo anotado o gol do empate da Colômbia contra a Argentina pelas Eliminatórias.

No auge físico e técnico, Borja tem tudo para acabar com os problemas do setor ofensivo da equipe. Abel Ferreira já demonstrou que gostaria de contar com o atleta e ver como ele pode ajudar o elenco palmeirense. O Palmeiras tem um dos piores aproveitamentos de finalizações desse início de Campeonato Brasileiro, acertando apenas 33% de seus chutes em direção ao gol, mesmo com diversas chances criadas.

Um dos problemas é o péssimo momento de Luiz Adriano. Artilheiro do Verdão em 2020, o centroavante anotou apenas 3 gols em 2021. Com problemas dentro e fora de campo, a confiança do jogador parece cada dia pior e ele já é bastante criticado pela torcida. Borja também passou por situação semelhante, mas o bom momento pode reverter o apoio da massa alviverde.

Bom finalizador com os dois pés e ótimo cabeceador, Borja pode ser a arma que Abel precisa no comando de ataque do Palmeiras. O Verdão possui muita velocidade pelas pontas, mas não tem ninguém para a função de Luiz Adriano. O colombiano cairia como uma luva para o treinador português.

Outro fator é que o Palmeiras basicamente traria um reforço sem gastar nada. Borja já pertence ao clube, já demonstrou o seu talento na Copa Libertadores e vem recuperando seu espaço na América do Sul. Absolutamente nada impede o Verdão de dar uma segunda chance e avaliar o seu desempenho até o fim da temporada, vendendo-o posteriormente e não agradar.

O fato é que, sem reforços e em um momento de baixa, o Palmeiras pode – e deve – dar outra chance para Borja. Apesar de não ser unanimidade, ele tem o potencial de se encaixar no esquema de Abel Ferreira e solucionar a falta de pontaria do ataque palmeirense.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top