Lutas

Borrachinha critica bolsas do UFC e deixa luta contra Jared Cannonier

Borrachinha
Foto: Jason Silva via Imago Images

Paulo Borrachinha não lutará mais no dia 21 de agosto contra Jared Cannonier. O brasileiro disse que não mais irá enfrentar o americano, segundo a ESPN, e Kelvin Gastelum já foi indicado pelo Ultimate para ser seu substituto.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

A justificativa pela saída do mineiro do card se dá como uma espécie de ‘protesto’ do lutador contra o valor da bolsa que receberia para o card. Em postagens no Twitter, Borrachinha revelou que nunca assinou o contrato para enfrentar Cannonier e até citou as aventuras dos irmãos Logan e Jake Paul no mundo das lutas para pedir que o Ultimate o remunere do jeito adequado.

— O UFC precisa me pagar como lutador de main event para fazer lutas de main event. Esses youtubers estão mostando toda a desgraça deste negócio — disse o brasileiro numa das postagens.

— Só para ser claro. Jamais assinei qualquer contrato. Por que o UFC anunciou uma luta que eu não assinei? Estranho — continuou o peso-médio.

No Instagram, o lutador brasileiro fez outra postagem para justificar sua posição de apenas aceitar um duelo quando fosse pago do jeito que acredita para poder enfrentar Cannonier ou outro rival.

— Tenho treinado muito duro e vocês todos podem acompanhar. Venho treinando para enfrentar um grande nome em posição similar a minha no ranking. Então, o UFC precisa me pagar como tal. E eu também sou um lutador que os fãs insistem em ver lutar. Mas eles insistem em me pagar menos do que um lutador não ranqueado. Aí não dá, né? — disse Borrachinha.

Borrachinha tem pela segunda vez em 2021 uma luta cancelada. Em abril, o brasileiro iria enfrentar o ex-campeão dos médios Robert Whittaker, mas teve sintomas de gripe e foi retirado do evento, no qual o próprio Gastelum o substituiu e acabou derrotado.

A revolta do brasileiro se dá em meio a uma série de movimentações de lutadores de MMA no boxe e a chegada dos youtubers da família Paul ao mundo da nobre arte, com recentes lutas (e outras possíveis) sendo alvo de cobertura por causa dos valores das bolsas, considerados bem maiores dos que o Ultimate costuma pagar a seus lutadores.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top