Futebol Internacional

Borussia Dortmund anuncia a demissão do técnico Marco Rose

Borussia demite Marco Rose do cargo após 1 ano
Borussia Dortmund/Twitter Divulgação

Marco Rose durou apenas uma temporada no Borussia Dortmund, nesta sexta-feira (20) o clube anunciou o fim da cooperação do técnico de 45 anos com o clube aurinegro. Após uma reunião no dia de ontem de Hans Joachim Watzke, Michael Zorc, Sebastian Kehl e Matthias Sammer com o Rose, as respostas tiradas pelos dirigentes do clube foram positivas para a saída de Rose do cargo de técnico do Dortmund.

Rose veio cercado de expectativa. O bom trabalho no Borussia Mönchengladbach surpreendeu a todos na Alemanha. Com ele, os potros atingiram a UEFA Champions League. A conquista desta vaga foi um dos pontos principais para sua chegada ao BVB. Em Dortmund, teve uma passagem complicada. Muitos problemas físicos de seus jogadores durante a temporada, além da fraca melhora nos aspectos táticos, especialmente a defesa. Os comandados de Rose sofreram 52 gols na temporada, algo incomum para o BVB nos últimos anos.

Saiba Mais sobre Futebol Internacional no Esporte News Mundo: Edgardo Bauza, ex-LDU, San Lorenzo e São Paulo está com alzheimer

Apesar das dificuldades, o Borussia Dortmund ainda conseguiu chegar a UEFA Champions League por mais uma temporada e fechar o campeonato alemão na segunda colocação.

Siga o Esporte News Mundo nas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter

Veja a nota oficial do Dortmund:

— Este dia não é fácil para nenhum de nós, porque o respeito mútuo entre nós foi, é e continua sendo grande. Depois de uma temporada insatisfatória por vários motivos, tivemos que perceber que não aproveitamos ao máximo nossas oportunidades em muitas áreas — enfatiza, Hans-Joachim Watzke.

— Apesar de uma temporada difícil com muitos imponderáveis, estava convencido do nosso caminho. Durante nossa conversa fiquei com a impressão de que a convicção de 100% de todos os responsáveis ​​não existe mais. Por fim, decidimos juntos encerrar a colaboração — diz Marco Rose.

Hans-Joachim Watzke, Michael Zorc e Sebastian Kehl gostariam de agradecer a Marco Rose pelo trabalho que fez, seu grande compromisso e as discussões de confiança e desejar-lhe tudo de melhor para seu futuro privado e esportivo. O treinador assistente de Rose, Alexander Zickler, assim como René Maric e o treinador esportivo Patrick Eibenberger também não trabalharão mais no BVB no futuro.

O BVB também gostaria de agradecê-los pelo trabalho que fizeram e seu compromisso durante a temporada 2021/22.O Borussia Dortmund realizará conversas sobre a composição da futura equipe técnica nos próximos dias.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top