Botafogo

Botafogo e Chay, um casamento que precisava se concretizar

Foto: Vitor Silva/Botafogo

O Botafogo acertou a compra em definitivo do meia-atacante Chay, na tarde da última terça-feira (31/08). O Glorioso pagou 380 mil reais por 50% dos direitos do jogador. O contrato de empréstimo assinado após o término do Campeonato Carioca previa a compra de metade dos direitos fixado neste valor.

A aquisição em definitivo do meia é essencial para a continuidade do Botafogo na temporada e para a carreira do jogador. Chay é um dos melhores, se não o melhor, do time na Série B. Em números relevantes, é o artilheiro da equipe, oito gols, e segundo maior assistente, três, e segundo com mais participações diretas, 11, somando tentos e passes para gol.

Apenas aos 30 anos Chay recebeu sua chance em um grande clube do futebol brasileiro, mas soube aproveitar bem demais e justificou a compra de seus direitos pelo clube de General Severiano. O meia disputou 18 das 21 partidas na Série B, 17 como titular e tem influência direta na forma como o Glorioso joga.

Chay é o principal articulador do time e tem muita liberdade para flutuar, cai tanto pela esquerda quanto pela direita quando necessário. Além disso, é o jogador com mais passes chaves por jogo (2), mais chances, e grandes chances criadas, 7. Com, o meia-atacante ganhou o status de super importante para o bom momento vivido pelo Glorioso e será essencial na briga para o acesso à Série A do Brasileirão. A compra do jogador era fator fundamental para a continuidade de um Botafogo competitivo dentro da competição.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top