Eliminatórias Copa do Mundo

Brasil vence o Paraguai, encerra um tabu de 35 anos sem vitória no Defensores Del Chaco e mantém 100% nas Eliminatórias

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

O Brasil é sinônimo de vitória nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. A vítima da vez foi o Paraguai, que perdeu por 2 a 0, gols de Neymar e Lucas Paquetá. Com o triunfo, a Seleção Brasileira encerrou um jejum de 35 anos sem vencer no Defensores Del Chaco. A última vez aconteceu nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 1986, quando o placar também foi 2 a 0, gols de Casagrande e Zico. Líder absoluto, o Brasil soma 100% de aproveitamento nas Eliminatórias, com seis jogos e seis resultados positivos. Agora as atenções estão voltadas para a disputa da Copa América, competição que os jogadores garantiram a participação.

O Jogo

Por jogar em casa, o Paraguai iniciou a partida marcando no campo de defesa do Brasil, porém a estratégia não funcionou e o tiro saiu pela culatra. Com espaço no ataque, Gabriel Jesus foi lançado em velocidade pelo lado direito, cruzou para Richarlison, que furou a bola, mas na sequência ela sobra para Neymar. O atacante dominou e com tranquiliade bateu no canto para abrir o placar aos 3 minutos de jogo. O Paraguai respondeu na sequência com Alderete, que aproveitou o rebote e soltou a bomba de fora da área. A bola, que viajou a 109 km/h, tinha endereço, mas Ederson fez uma grande defesa.

O Brasil teve condições de ampliar com Richarlison, que recebeu um lindo lançamento de Fred, mas desperdiçou ao finalizar em cima do goleiro. O Paraguai buscou o empate com boa jogada individual de Rojas, que serviu Almirón dentro da área, mas o meia chutou em cima de Éder Militão. A partir de então o Brasil conseguiu controlar o jogo e tirou o ímpeto do Paraguai e nos minutos finais do primeiro tempo teve chance com Neymar, em cobrança de falta, e com Richarlison, que marcou um golaço ao bater cruzado, mas o jogador estava impedido.

Na segunda etapa o Paraguai repetiu a estratégia e partiu para cima do Brasil, já que estava atrás do placar. Mais uma vez o Brasil teve espaços, mas pecou no excesso de preciosismo. Neymar e Gabriel Jesus desperdiçaram chances ao tentarem sempre ajeitar a bola um pouco mais na hora da finalização ou do passe. O técnico Eduardo Berrizo mexeu e lançou o time para frente. Tite respondeu colocando Douglas Luiz, um volante, na vaga de Firmino. Com isso chamou o Paraguai, que começou a ocupar o campo de ataque do Brasil, porém sem grandes oportunidades criadas.

A partir dos minutos finais, o Brasil passou a controlar mais o jogo e com paciência criou espaços para matá-lo. Tite promoveu as entradas de Everton e Gabi, nas vagas de Richarlison e Gabriel Jesus. Com isso a Seleção ganhou fôlego para contra-atacar e marcar a saída de bola paragauia. Em uma dessas ações de marcação, Neymar roubou e serviu Lucas Paquetá, que bateu de primeira, no cantinho, sem chances de defesa de para o goleiro Antony Silva. Vitória do Brasil, fim do tabu e com 100% de aproveitamento nas Eliminatórias.

FICHA TÉCNICA

PARAGUAI 0 X 2 BRASIL

Local: Defensores Del Chaco – Assunção-PAR
Data: 08/06/2021
Horário: 21h30
Árbitro: Patricio Hernan Loustou (Argentina)
Cartão Amarelo: Gustavo Gómez e Júnior Alonso (PAR); Fred e Gabriel Jesus (BRA)
Gol: Neymar 3′ 1ºT e Lucas Paquetá 47′ 2ºT

BRASIL: Ederson; Danilo, Éder Militão, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Fred (Lucas Paquetá) e Neymar; Richarlison (Gabi), Roberto Firmino (Douglas Luiz) e Gabriel Jesus (Everton). Técnico: Tite

PARAGUAI: Antony Silva; Rojas (Espínola), Gustavo Gómez, Alderete e Júnior Alonso; Gastón Giménez (Ávalos), Ángel Cardozo (Barreiro), Villasanti (Óscar Romero), Arzamendia e Almirón; Ángel Romero (Samudio). Técnico: Eduardo Berizzo

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top