Futebol Feminino

Brasil vence Zâmbia, se classifica em segundo e enfrenta o Canadá nas quartas de final dos Jogos Olímpicos

Foto: Sam Robles/CBF

O Brasil venceu Zâmbia por 1 a 0, gol de Andressa Alves, e garantiu a classificação para as quartas de final dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020. Com o resultado, a Seleção Brasileira ficou em segundo lugar no Grupo F, com sete pontos, mesma pontuação da Holanda, porém tendo um saldo de gols inferior. Nas quartas de final, o adversário será o Canadá, que terminou em segundo do Grupo E. O confronto acontece na próxima sexta-feira, às 5h (horário de Brasília), em Miyagi.

O Jogo

As muitas mudanças em relação ao empate contra a Holanda, fez o Brasil jogar em um ritmo um pouco abaixo do que de costume. O time até criou boas chances, mas foi para o intervalo vencendo apenas por 1 a 0, gol de falta de Andressa Alves, aos 18 minutos. No lance, o VAR foi chamado e a zagueira Mweemba foi expulsa.

O primeiro tempo ficou marcado por muitas paralisações, que obrigaram a arbitragem a conceder 14 minutos de acréscimo. Foram dois atendimentos médicos, um deles um pouco mais grave envolvendo a goleira Nali, de Zâmbia, que precisou ser substituída após se chocar com Ludmilla. Bia Zaneratto também deixou o campo após uma pancada na cabeça.

No segundo tempo, mais mudanças. Pia tirou Marta e Formiga e o Brasil passou a ter menos qualidade na transição ofensiva. A chuva caiu, deixando o campo pesado e o jogo ainda mais físico. Essa condição prejudicou as brasileiras, que buscaram aumentar o placar, mas sem sucesso. Valeu os três pontos, a classificação e o descanso para algumas titulares.

FICHA TÉCNICA

Brasil x Zâmbia

Data/hora: Terça-feira (27), às 08h30 (horário de Brasília)
Local: Estádio de Saitama, Saitama (JAP)
Arbitro: Yoshimi Yamashita
Auxiliares: Makoto Bozono e Naomi Teshirogi
VAR: Marco Guida

Gols: Andressa Alves (18′ do 1º tempo)
Cartões amarelos: Phiri (Zâmbia); Angelina (Brasil)
Cartão vermelho: Mweemba (Zâmbia)

Brasil: Bárbara; Letícia Santos, Poliana (Bruna Benites), Rafaelle e Jucinara; Formiga (Júlia Bianchi), Angelina, Andressa Alves (Debinha) e Marta (Duda); Ludmilla (Geyse) e Bia Zaneratto (Geovana). Técnica: Pia Sundhage

Zâmbia: Nali (Musole); Belemu, Mulase, Mweemba e Tembo; Lungu, Grace Chanda, Chitundu (Phiri), Lubandju e Kundananji; Banda. Técnico: Bruce Mwape

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top