Conmebol Libertadores

Bruno Henrique comenta sobre altitude, mas diz que o Flamengo não pretende se intimidar: “A postura tem que ser a mesma de sempre”

Flamengo
Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Nesta terça-feira (4), às 21h30, o Flamengo enfrenta a LDU pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América. O confronto será disputado no Estádio Casa Blanca, no Equador. O clube carioca busca a vitória para se isolar ainda mais na liderança e encaminhar a classificação para as oitavas de final.

O rival equatoriano vive excelente fase e ainda não perdeu este ano. Além disso, a altitude de quase três mil metros de Quito também deve ser um grande empecilho para o Flamengo. Nesse sentido, o atacante Bruno Henrique deu uma entrevista para a Fla TV onde comentou sobre a dificuldade de atuar na altitude, mas afirmou que a equipe rubro-negra não mudará seu estilo de jogo.

– A postura do Flamengo tem que ser a mesma de sempre, jogando dentro e fora de casa, mas a gente sabe que temos um fator que é jogar na altitude, e a gente tem que saber lidar, estar sempre compacto e sair na hora certa nos contra-ataques e as oportunidades que aparecerem.

Segundo o atacante, o Flamengo pretende colocar um ritmo forte no jogo. Para isso, uma boa condição física é fundamental para que o clube consiga sair vitorioso da partida.

– A gente tem que finalizar, matar, porque a gente sabe que o time deles vai imprimir um ritmo forte para a gente cansar mais rápido e eles conseguirem fazer o jogo deles. Então, a gente tem que estar bem fisicamente e saber a hora certa de conduzir o jogo e imprimir um ritmo forte também.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top