Mais Esportes

Campeão, Bruninho é eleito o melhor da final e afirma: ‘O nosso negócio é o trabalho’

Seleção Fiat/Minas Bruno, Bruninho, EMS/Taubaté/Funvic, Final Superliga
FOTO: Wander Roberto/Inovafoto/CBV

O Taubaté é a equipe campeã da temporada de 2020/2021 da Superliga Masculina de Vôlei. A grande final aconteceu nesta sexta-feira (16) na “bolha” de Saquarema, no Rio de Janeiro. O time taubateano, ou como é chamado, a “Seleção Brasileira” liquidou o FIAT/Minas por 3 sets a 0 e conquistou o bicampeonato. A estrela da noite e ganhador do Troféu Viva Vôlei, por voto popular, foi o levantador, Bruninho.

+Douglas Souza brilha, Taubaté derrota Minas e ergue segunda taça da Superliga

— A gente não mudou absolutamente nada, a gente treinou até tarde, malhou, tudo como a gente tem feito o ano inteiro. Um time que trabalha o tempo inteiro e que colhe os frutos. As pessoas podem pensar ‘mas os caras tem não sei quantos medalhões’, mas o nosso negócio é o trabalho, a gente se dedicou muito, se sacrificou muito e por isso merece esse título – declarou o levantador.

Bruninho teve um ótima atuação no segundo jogo da final da Superliga, com passes decisivos para a pontuação final. O levantador revelou que o que mais sentiu falta nessa temporada da Superliga foi o contato com a torcida e o carinho físico que ela carrega em cada partida.

— Eu queria ter aproveitado mais, principalmente a torcida. A gente sabe que a torcida é a mais apaixonada pelo vôlei e quem sabe a cidade mais apaixonada no Brasil. Eu não tive a oportunidade de jogar no Abaeté lotado, mas eu venho recebendo muito carinho de todos eles durante toda a temporada, então obrigado a eles por toda essa energia. Eu não pude ter tido esse calor deles, mas eu recebi muita energia positiva – revelou Bruninho.

Esse ano de pandemia, difícil para muitos jogadores e para o esporte, não foi diferente para o jogador. Bruno revelou que perdeu um tio para a COVID-19 e prometeu conquistar o título da Superliga para a tia e os primos.

— Queria dedicar esse título à minha madrinha, ao Marcelo e Pedro, que com certeza estão lá torcendo muito. Meu padrinho há duas semanas atrás, o Suíço, acabou falecendo e eu tenho certeza que ele está torcendo lá de cima. Então eu falei que ia conseguir esse título pra eles, então fica aqui a minha homenagem à todos eles – finalizou o jogador.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top