Cruzeiro

Capelinha revela ansiedade, mas destaca foco da equipe feminina do Cruzeiro para estreia no Campeonato Mineiro

Foto: Rodolfo Rodrigues/Cruzeiro
Foto: Rodolfo Rodrigues/Cruzeiro

A volante da equipe feminina do Cruzeiro, Isabela Capelinha, concedeu entrevista ao canal oficial do clube no YouTube nesta terça-feira (21). A atleta celeste comentou sobre o foco da equipe para a estreia no Campeonato Mineiro, marcada para acontecer no próximo domingo (26), às 15h, diante do Ipatinga, na Arena Vera Cruz, em Betim. Ela também falou sobre a sua experiência na competição e com a camisa cruzeirense. 

Nesse cenário, Capelinha revelou a ansiedade pela estreia, apesar da experiência e de ser a atleta que mais vezes vestiu a camisa do Cruzeiro feminino.  

Veja também: Torcedores do Cruzeiro, mesmo vacinados, deverão apresentar teste negativo de Covid-19 e chegar uma hora antes para entrar no Independência; confira descontos

 – A gente fica muito ansiosa pela estreia. É aquele frio na barriga de como se fosse o nosso primeiro jogo. Mas, a gente tem que controlar o psicológico para não deixar a ansiedade tomar conta e pensar positivo para fazer uma boa partida. Acho que a gente conseguiu absorver bastante o que o Rodrigo quer passar para a gente nos treinos e fora do campo. A gente conseguiu fazer dez jogos treinos com o masculino e deu bons resultados e, se Deus quiser, vamos colocar em prática na estreia e durante o campeonato. Minha expectativa é muito boa e alta.  

Capelinha tem uma boa expectativa também para o resultado final do campeonato. Para ela, é hora do clube “trazer o título de volta para casa”. A volante também se diz feliz em poder disputar o seu terceiro Campeonato Mineiro pelo clube. “Estou muito feliz em poder ser uma das atletas que mais tem jogos pelo clube e também cada vez aumentando a minha história aqui”, disse.

Isabela Capelinha acredita também que a equipe está bem preparada, muito em razão do tempo de treino que o elenco teve, em uma intertemporada. 

– A minha expectativa é muito grande pelo fato de a gente ter bastante tempo de treinamento, acho que um atleta sempre quer jogar e essa semana de estreia vai ser muito importante para a gente ajustar os detalhes para fazer um bom jogo e, se Deus quiser, sair com a vitória –, disse Capelinha.

POSICIONAMENTO EM CAMPO… 

A atleta do Cruzeiro aproveitou também para se colocar à disposição para atuar em qualquer espaço do campo, apesar de originalmente ser volante. Capelinha, inclusive, relembrou oportunidades em que atuou em outros setores. 

– Eu acho que atleta nunca tem uma posição definida. Eu acho que aonde o treinador se sente bem em colocar, a atleta tem que tentar. E por boa parte do Brasileiro eu joguei como zagueira, mas eu sou volante e foi uma experiência muito grande. Eu posso atuar como volante e também como zagueira, mas no Campeonato Mineiro e nos últimos jogos do Brasileiro eu atuei como volante e vou continuar atuando como volante. O torcedor pode esperar de mim muita garra, muita raça e eu vou dar o meu melhor sempre. 

Capelinha já defendeu as cores do Cruzeiro em 55 oportunidades e marcou seis gols. 

Para saber tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top