Cruzeiro

Caso Denilson: Cruzeiro suspende ordem de pagamento ao Al Wahda e punição de rebaixamento à Série C

A dívida a ser quitada pelo Cruzeiro se refere ao empréstimo de Denilson Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

Recentemente, um dos casos mais comentados pela diretoria do Cruzeiro – dívida do clube com o Al Wahda pelo empréstido do volante Denilson –, havia ganho mais um capítulo: o risco de queda à Série C pelo não pagamento dos valores pedidos e determinados pela Fifa. Isso porque, a Raposa precisava pagar os cerca de R$ 5,5 milhões ao time dos Emirados Árabes até o fim deste mês, sob tal pena. 

No entanto, o clube entrou com um pedido de recurso, pedindo a suspensão da decisão, alegando que o caso ainda não havia sido julgado, em última instância, pelo Comitê Arbitral do Esporte (CAS), e obteve resultado favorável, com a suspensão, pelo Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), do pagamento e da possível punição até que o julgamento ocorra. 

Agora, o Cruzeiro aguarda o julgamento do CAS, que tem previsão para ocorrer em 2021, sem nenhum prazo pré-estabelecido para que a dívida seja quitada. 

Em transmissão ao vivo, realizada no canal oficial do Cruzeiro no Youtube nesta quinta-feira (24), Sérgio Santos Rodrigues, presidente do clube, disse que a Raposa vem mantendo contato com os representantes do time árabe para resolver a situação, que se encontra adiantada no momento. 

ISSO JÁ RENDEU… 

Essa possível punição de rebaixamento à Série C não foi a primeira vez que o Cruzeiro se deparou com uma ação da Fifa sobre o caso de Denílson. Ainda neste ano, o clube foi punido com a perda de seis pontos na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, em razão de o time mineiro não ter quitado a dívida em ordem de pagamento com validade prevista para maio. 

Após a punição, a Fifa postergou o prazo para que os valores fossem pagos, sob pena de rebaixamento. Com data prevista para outubro, o Al Wahda surpreendeu o clube celeste e pediu o pagamento imediato. Porém, com o recente recurso ganho pela Raposa, ambos os times aguardam o desfecho do “Caso Denilson”, que virá por meio da decisão a ser tomada pelo Comitê Arbitral do Esporte. 

Em nota oficial, o Cruzeiro se pronunciou sobre o caso. Confira o que o clube diz na íntegra:

A FIFA decidiu suspender, diante de um recurso feito pelo Cruzeiro junto ao CAS, o processo envolvendo o Al Wahda e o atleta Denilson, que colocava como eventuais punições ao Clube a perda de mais 6 pontos e um consequente rebaixamento à Série C.

No entanto, paralelo ao processo, o Cruzeiro tem mantido diálogo aberto com o Al Wahda e aproveitará este prazo para tentar chegar a um acordo definitivo, que seria de suma importância para todos os envolvidos.

A diretoria não tem medido esforços para que mais esta ação na Fifa, herdada de gestões passadas, seja plenamente resolvida.

Para saber tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top