América-MG

Cauan de Almeida diz estar feliz com o desempenho do América-MG e explica “volta as origens” na escalação

Cauan de Almeida diz estar feliz com o desempenho do América-MG e explica "volta as origens" na escalação
Mourão Panda/ América

O América chegou ao oitavo jogo sem vitória. Porém, marcou o seu primeiro ponto no Campeonato Brasileiro. Cauan de Almeida, treinador da equipe, preferiu não ser pessimista na análise do resultado e ressaltou o desempenho propositivo do Coelho na partida de hoje contra o Cuiabá.

+Em jogo morno, América-MG e Cuiabá não saem do zero pelo Brasileirão

O técnico interino assumiu o clube na segunda-feira, após Lisca pedir demissão e sair. Em sua primeira escalação nesse novo processo, ele decidiu voltar a usar os jogadores-base do time vice-campeão da Série B de 2020. Ele também comentou isso na entrevista, destacando que “precisou dar uns passos atrás” para reestabelecer a confiança dos jogadores.

Veja a seguir os melhores momentos da entrevista de Cauan de Almeida:

SATISFEITO COM O DESEMPENHO GERAL

O treinador discordou na análise de jornalistas, que disseram que a equipe não conseguiu funcionar no setor ofensivo. E destacou estar satisfeito com o desempenho geral do time.

– Eu discordo da análise, com todo o respeito. A gente criou 20 finalizações, com 12 dentro da área. É um número bem relevante. A gente criou sim pra sair com a vitória. (…) A gente fez um jogo muito propositivo, era a proposta que a gente ficou no treinamento essa semana, e conseguimos executar nesse jogo. Estávamos uma equipe muito próxima, sabedora do que queria, tivemos bons números, tanto de posse de bola e de finalizações. A nível de desempenho a gente buscou esse objetivo.- Disse o treinador.

+Atuações ENM: com Rodolfo apagado, Ademir tenta mas Jori é boa notícia do América-MG contra o Cuiabá

Além disso, ele ressaltou que o grupo de jogadores, diretoria e comissão técnica possuem completa noção do que precisa ser melhorado para evoluir na competição.

-A gente sabe o que precisa melhorar. A gente sabe o que precisa evoluir. Foi nítida a criação nesse jogo de hoje.

A VOLTA AS ORIGENS

Lisca, ao tentar dar um choque anímico na equipe nos últimos jogos, mudou bastante o time. Gustavo, Ribamar e Bruno Nazário foram titulares na partida contra o Flamengo. Mas, em sua primeira escalação como “técnico principal”, Cauan decidiu retornar ao time base que jogou a Série B de 2020. Ele explicou isso na resposta:

+Juninho vê bom jogo do América-MG e crê em evolução do time

– A gente precisava reestabelecer alguns conceitos do estilo de jogo construído já quase dois anos. Essa foi a ideia principal. Pra gente “voltar” as origens, tivemos que dar alguns passos pra trás. Claro, fizemos alguns ajustes, mas eles foram pormenorizados. A gente sim voltou, a gente é uma equipe muito agressiva e muito organizada nesse estilo de jogo.

+Matheus Cavichioli, goleiro do América-MG, testa positivo para Covid-19 e está fora do duelo contra o Cuiabá

Por fim, deu o recado ressaltando a felicidade com o desempenho geral do time.

– A gente tá muito satisfeito e muito feliz com o desempenho da nossa equipe. Conseguimos ter uma força muito grande. Claro que a gente queria a vitória, mas são ajustes, estamos num processo.

Para saber tudo sobre América-MG, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top