e-Sports

CBLOL: Flamengo se pronuncia sobre casos de COVID-19 entre os jogadores

Foto: Flamengo E-sports

Após o midlaner Tutsz revelar que alguns jogadores testaram positivo para o COVID-19, o Flamengo se pronunciou sobre o fato e ressaltou que a decisão de não remarcar os jogos foi tomada em conjunto com a Riot e atletas do time.

“Após avaliações de toda a equipe antes desse primeiro final de semana de CBLOL, alguns de nossos atletas testaram positivo para Covid-19. Após consultar a Riot Games sobre os procedimentos e avaliar o caso internamente, em conjunto com comissão técnica e jogadores decidimos que os jogos seriam realizados normalmente, com os atletas em suas respectivas casas. Durante a próxima semana, todos serão reavaliados e, com o resultado sendo negativo, retomaremos nossas atividades no Office e seguiremos a disputa do CBLOL”, diz o comunicado.

Durante a coletiva, o manager do Flamengo citou que: “não mandamos o laudo para a Riot Games porque o regulamento explica que somente jogadores com sintomas agudos não poderiam jogar, ou seja, jogadores que não tivessem condições para treinar ou jogar”, disse Davisito.

Contudo, em seu twitter, Tutsz voltou a falar sobre o assunto, deixando claro que a equipe não estava assintomática.

“Tivemos sintomas a semana inteira, tivemos que treinar de casa e perder treinos, apenas ontem eu acordei um pouco melhor, mas ainda com algumas dificuldades, to vendo muita gente falar que foi assintomático, não foi”, disse.

Vale lembrar que a Riot adiou as duas partidas de primeira rodada da paiN Gaming devido a um caso de Covid-19. O time jogará contra Liberty e KaBuM na próxima quinta-feira (27). 

O próximo jogo do Flamengo no CBLOL será contra a LOUD no dia 29 de janeiro.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top