Ceará

Ceará realiza evento com pais de atletas das categorias de base na Cidade Vozão

Foto: Divulgação

Entre os dias 17 de agosto e 1º de setembro, o Ceará realizou encontros com os pais dos jogadores das categorias de base, na Cidade Vozão, centro de treinamento do Vovô localizado em Itaitinga, região metropolitana da capital cearense. Visando um melhor relacionamento, os departamentos de psicologia, futebol e assistência social se reuniram com as famílias das “jóias” do Alvinegro para os benefícios que o clube têm oferecido a esses atletas. As reuniões seguiram todos os protocolos da Organização Mundial da Saúde (OMS), segundo divulgado pelo Vovô.

LEIA MAIS:
Ceará vence Figueirense e chega ao terceiro jogo invicto na segunda fase do Brasileirão de Aspirantes
Promessa do Ceará realiza primeiro treino profissional

Idealizado pelo coordenador de futebol André Figueiredo, o evento também contou com as presenças de Daniele Domingues, psicóloga exclusiva das categorias de base do clube, e Fernando Manrtilis, assistente social. Os três discurssaram na palestra e puderam exibir aos pais a forma em que o Ceará tem trabalho diariamente no crescimento desses jovens atletas, tendo acompanhamento nutricional, médico, educativo e psicossocial.

Entre os temas, estiveram a Lei Pelé – regulamenta o trabalho de empresários e permite direito do passe ao atleta -, contratos de formação de atletas e profissional, relacionamento entre clube e agentes dos jogadores, investimentos mais recentes feitos nas categorias de base, educação escolar e os objetivos do Alvinegro.

“Os encontros tiveram como intuito proporcionar uma maior aproximação entre os pais e o clube, no sentido de que os atletas e suas famílias sintam-se cada vez mais integrados à nossa estrutura e cientes do funcionamento do CT, dos profissionais que se encontram à disposição, enquanto suporte para o desenvolvimentos dos atletas e do projeto”, explicou Daniele Domingues, psicóloga exclusiva das categorias de base do Vovô.

Além de receber informações mais detalhadas dos trabalhos que vêm sendo realizados com os jovens, as famílias também puderam compreender de que forma isso vem sendo feito e a importância deles fazerem parte desse processo.

“Os familiares aproveitaram o espaço para tirar dúvidas e trazer de casa demandas suprimidas. Acabamos sabendo de casos de atletas que precisavam de um acompanhamento nutricional diferenciado, por exemplo. Fato trazido pelo pai. Como ponte entre a família e a instituição, colocamos aqui os primeiros tijolos dessa construção”, revelou o assistente social Fernando Martilis.

Além de todos os assuntos citados nas reuniões, outro fator muito importante foi mostrar aos responsáveis desses talentos o crescimento do Ceará no cenário nacional para que acreditem e tenham confiança na evolução profissional e pessoal dessas promessas, que podem se tornar futuros ídolos do do Alvinegro.

“Precisávamos valorizar nosso trabalho e fazer valer a grandeza do nosso clube. A gente ouvia de alguns pais que preferiam o filho num clube do Sul, mesmo este estando na Série B, enquanto tinham aqui o Ceará na Série A e bem colocado. Com esse evento, conseguimos construir um elo com eles e derrubar velhos mitos”, finalizou André Figueiredo, idealizador do encontro e coordenador de futebol do clube.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top