Ceará

Ceará vence Vila Nova-GO no tempo normal e penalidades, e se sagra campeão do Brasileirão de Aspirantes

Foto: Pedro Chaves / CearaSC.com

O Ceará é o campeão do Brasileirão de Aspirantes 2020. Após ter sido derrotado por 2 a 0 para o Vila Nova – GO, no domingo passado (24), o Vovô venceu por 3 a 1 no tempo normal, na Cidade Vozão, levando o jogo para os pênaltis, onde ganhou por 4 a 2. Rick, Buiu e Saulo Mineiro fizeram os gols no segundo tempo do jogo. Diogo Silva foi herói nas penalidades defendendo duas cobranças e convertendo a última.

O JOGO

Precisando fazer 2 a 0 para deixar tudo igual no placar agregado, o Vovô até criou oportunidades na primeira etapa, mas não conseguiu furar a defesa do Tigre que, por sua vez, também chegou perto de marcar, mas não obteve sucesso, deixando o gramado com o placar de 0 a 0.

Na volta do intervalo, algumas mudanças surtiram efeito. A principal foi a entrada de Rick, aos 12 minutos. Rápido e habilidoso, o ponta do Alvinegro precisou de apenas 10 minutos para abrir o marcador no CT em Itaitinga. Após tabelar e receber passe dentro da área, o atacante bateu forte para fazer o primeiro do Vovô.

Melhor em campo e precisando fazer mais um gol para deixar o placar igual no agregado, Buiu, aos 27, chutou de fora da área para fazer o segundo do time da casa. No entanto, aos 35, em cobrança de escanteio, Luizão subiu mais alto que toda defesa alvinegra e cabeceou para o fundo do barbante.

Quando parecia que o troféu seria levado à Goiânia, o zagueiro Anderson, do Tigre, que havia acabado de entrar, bateu coma mão na bola dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Aos 43, Saulo Mineiro converteu fazendo o terceiro do Alvinegro e levando a partida para às penalidades.

PÊNALTIS

O experiente Diogo Silva foi o herói do Vovô nas cobranças alternadas. Gabriel Lacerda, Alan Uchôa e Thiaguinho converteram para o Ceará, assim como o goleiro Diogo Silva que defendeu dois pênaltis e converteu o último, selando o título alvinegro.

Com a vitória por 4 a 2 nas penalidades, o Alvinegro de Porangabuçu levantou a taça de campeão brasileiro Sub-23. Dessa forma, o Ceará se tornou o primeiro clube cearense e nordestino a conquistar o título do Brasileirão de Aspirantes.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top