Copa América

César Farias explica derrota da Bolívia na estreia: ‘Jogamos com 10 atletas por muito tempo e isso é difícil’

Reprodução/Divulgação

A Seleção Boliviana estreou com derrota na Copa América. Mesmo largando na frente, viu o Paraguai ser letal na segunda etapa e sair vitorioso pelo placar de 3×1. A partida da noite desta segunda-feira (14), no Estádio Pedro Ludovico, em Goiânia, contou com uma atuação inspirada de Ángel Romero – que marcou dois gols.

LEIA MAIS | Bolívia abre o placar, mas Paraguai vira e vence os bolivianos em Goiânia pela Copa América

Em entrevista coletiva pós-jogo, o treinador boliviano César Farias analisou o desempenho da sua equipe e o que fazer para conseguir uma vitória nos próximos jogos.

Quando perguntado sobre o impacto de estrear com derrota, Farias analisou: ‘O torneio recém começou e essa derrota traz um desgaste em vários aspectos, não só no físico, mas também no mental. A semana também foi carregada de coisas difíceis, quanto a logística e as circunstâncias dos contagiados pela Covid. Ninguém gosta de perder, mas conseguimos identificar coisas que são importantes.’

Questionado sobre a má atuação da equipe em comparação aos jogos anteriores, o comandante boliviano explicou: ‘Não. Não vejo assim. Dizer que é um passo atrás e não reconhecer a entrega de nossos jogadores, obviamente isto não é ver com simpatia a luta e entrega que tiveram. Com todo respeito, vamos seguir lutando em todas as partidas, mas não vamos esquecer que nas partidas temos Bolívia que não ganha de visitante e quantas partidas têm na Copa América que não ganha. Então, temos a ilusão que vamos reverter isso nesta copa. E hoje, poderia ser um dia. Não foi, jogamos com 10 atletas por muito tempo e isso é difícil’, completou César Farias.

Para saber tudo sobre a Copa América, siga o Esporte News Mundono TwitterFacebook e Instagram.

A Bolívia entra em campo novamente na próxima sexta-feira (18), quando enfrenta o Chile, na Arena Pantanal. O confronto é válido pela 2ª rodada da Copa América.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top