América-MG

Possibilidades matemáticas do América-MG no Brasileirão mudam após empate; confira

Possibilidades matemáticas do América-MG no Brasileirão mudam após empate; confira
Foto: Mourão Panda/América

Com a reta final do Campeonato Brasileiro se aproximando, a ansiedade do torcedor cresce, o que o leva até os estudos de possibilidades. No caso do torcedor do América-MG, não é diferente, e o clube teve suas chances modificadas com os resultados da 27ª rodada, conforme análise do Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

As novidades, entretanto, não são tão boas para o Coelho, que viu as possibilidades de rebaixamento, mesmo que pouco, crescerem, em relação ao estudo feito após a última vitória do time, diante do Palmeiras. Agora, o América-MG possui 14,8% de chances de voltar à segunda divisão. Apesar do pequeno crescimento do número, o clube ainda está melhor colocado do que São Paulo, Santos, Bahia, Grêmio, Juventude, Sport e Chapecoense.

+Matheus Cavichioli é o segundo goleiro com mais defesas difíceis do Brasileirão

A Copa Sul-Americana, que é o grande sonho do torcedor alviverde, segue muito palpável. Atualmente, o Deca possui 41,2% de possibilidade de ir à segunda maior competição internacional do continente. Vale lembrar que, por conta do bom rendimento brasileiro nos torneios da CONMEBOL, o Brasileirão receberá 15 vagas para os continentais em 2022.

Já a Libertadores, por sua vez, ficou um pouco mais distante para o América-MG após a sequência de três jogos sem vitórias, e as chances são de apenas 1,9%.

Inicialmente, o time do Lanna Drumond tem o objetivo de se safar do rebaixamento e, em seguida, tentar uma classificação internacional. Para isso, o Coelhão terá 11 jogos até o fim do campeonato.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top