Outro lado

Charles Leclerc tem relógio de mais de 1 milhão de reais furtado na Itália

Divulgação/Ferrari

O piloto da Ferrari Charles Leclerc teve relógio avaliado em cerca de R$ 1,5 milhão furtado na cidade de Viareggio, na região da Toscana na Itália. Enquanto o monegasco pousava para fotos e distribuía autógrafos em meio a uma multidão, o assaltante conseguiu roubar o artefato sem ser notado na hora.

Leclerc estava acompanhando do seu personal trainer, Andrea Ferrari, quando foi reconhecido e abordado por alguns fãs por volta das 22h. Assim que percebeu a ausência do relógio, o piloto e seu treinador prestaram queixa na polícia da região, que está investigando o caso.

O artefato perdido pelo monegasco é da marca suíça Richard Mille, modelo 67-02, que é avaliado em cerca de 300 mil euros. A fabricante de relógios de luxo é patrocinadora da Scuderia Ferrari, e personalizou o medidor do piloto com as cores da equipe e a bandeira de Mônaco.

Se fora das pistas Charles Leclerc não teve sorte, dentro delas a situação não poderia estar melhor. Após as três primeiras etapas da Fórmula 1, ele é líder absoluto do Mundial de Pilotos, com vitórias nos GPs do Bahrein e da Austrália e um segundo lugar na Arábia Saudita.

O próximo desafio agora é em Ímola na Itália, com o GP da Emilia-Romagna no próximo domingo (24) às 10h (horário de Brasília). Leclerc espera repetir o bom desempenho das primeiras provas, agora na etapa da casa de sua equipe.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top