Cruzeiro

Cheio de desfalques, Cruzeiro recebe a Ponte Preta, no Mineirão, para fugir da zona de rebaixamento

A última vez que Cruzeiro e Ponte Preta se enfrentaram foi em 2017 Foto: Marcello Zambrana/Light Press/Cruzeiro
— Continua depois da publicidade —

Cruzeiro e Ponte Preta se enfrentam, nesta quinta-feira (30), às 19h15, no Mineirão, em jogo válido pela 12ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A Raposa, precisando da vitória, já tem um pequeno problema à vista: os desfalques. São oito ausências confirmadas – Léo, Cacá, Ariel Cabral, Raul Cáceres, Marquinhos Gabriel, Paulo, Stênio e Dedé – e pelo menos mais duas dúvidas: Jean e Marco Antônio.

Quanto aos zagueiros, Léo se recupera de um edema ósseo no joelho direito, Cacá cumpre suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo e Paulo testou positivo para Covid-19 nos exames pré-jogo. O volante Ariel Cabral também recebeu o terceiro cartão amarelo no último jogo da Raposa e está fora do jogo desta quarta-feira. Os demais jogadores poupados para o duelo contra a Macaca se recuperam de lesão.

Justamente por isso, Ney Franco deve mandar a campo uma formação diferente da dos últimos jogos, promovendo a volta de alguns jogadores e até mesmo podendo contar com uma reestreia, a de Sassá. A provável escalação do Cruzeiro para enfrentar a Ponte Preta, em casa, é: Fábio; Daniel Guedes, Manoel, Ramon e Matheus Pereira; Jadsom e Henrique; Airton, Régis e Arthur Caíke; Sassá.

Apesar da longa lista de desfalques, não é só o time celeste que terá ausências em campo. O time paulista terá pelo menos quatro jogadores impedidos de entrar em campo e que, inclusive, não viajaram para Belo Horizonte. São eles: Apodi, poupado, e Rayan, Camilo e João Veras, todos eles lesionados.

DE OLHO NA TABELA…

Mesmo com o momento distinto vivido na Série B, ambos times entram em campo, nesta quarta-feira, pensando na vitória para alcançar seus objetivos na competição.

A Raposa, atualmente na zona de rebaixamento do campeonato, com apenas oito pontos, para alcançar o que deseja, já precisou ligar o secador na véspera, já que seus adversários na disputa na parte de baixo da tabela jogaram nesta terça-feira. No entanto, não funcionou muito bem, visto que CSA e Avaí ganharam seus jogos, ambos por 1 a 0, abrindo vantagem sobre o time mineiro.

A Ponte Preta, em terceiro lugar, também precisa ficar de olho nos demais jogos do campeonato. E isso porque, caso vença, o time paulista pode se distanciar dos times fora do G4 e se estabilizar entre os quatro primeiros.

VANTAGEM ESTRELADA!

Cruzeiro e Ponte Preta se enfrentaram 25 vezes na história, sendo a Raposa a maior vencedora, com 14 triunfos. Os demais confrontos se dividem em cinco empates e seis derrotas. O time mineiro balançou as redes em 52 oportunidades, enquanto que a Macaca marcou 24 vezes nos duelos entre as duas equipes.

No Mineirão, palco do jogo desta quarta-feira, foram disputadas 11 partidas, com oito vitórias para a equipe celeste, dois empates e apenas uma derrota. 33 gols foram marcados pela Raposa e nove sofridos.

Para relembrar, a última vez que os clubes se enfrentaram foi justamente no Gigante da Pampulha, em Belo Horizonte. E isso há três anos atrás, pela Série A do Campeonato Brasileiro. Na ocasião, o Cruzeiro venceu a Ponte Preta por 2 a 1.

Outro fator curioso deste histórico é que dois atuais jogadores da Raposa e possíveis titulares no confronto já enfrentaram a Macaca e, inclusive, marcaram gol. São eles, Manoel e Henrique.

Todas as emoções da partida desta quarta-feira, você pode acompanhar, em tempo real, no Esporte News Mundo.

Para saber tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top