Futebol Internacional

Cirurgião comenta operação de Osimhen: ‘Sofreu danos devastadores’

FOTO: DIVULGAÇÃO / NAPOLI

Artilheiro do Napoli na temporada, o nigeriano Victor Osimhen sofreu uma grave lesão no último domingo (21), em confronto diante da Inter de Milão, no Giuseppe Meazza, pela 13ª rodada do Campeonato Italiano. Aos 10 minutos de jogo, o atacante de 22 anos dividiu uma bola aérea com Milan Skriniar, zagueiro da Inter, e acabou cabeceando a nuca do atleta adversário. Com múltiplas fraturas, o jogador passou por uma cirurgia na última terça-feira (23), e a gravidade de suas lesões impressionaram o cirurgião.

O responsável pelo procedimento em Osimhen foi o médico Gaimpaolo Tártaro, que falou sobre o procedimento ao qual o atacante do Napoli foi submetido. Mesmo bastante experiente neste tipo de cirurgia, Tártaro se impressionou com o grau elevado das lesões sofridas pelo nigeriano.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

— Ele sofreu danos devastadores. Na operação tive que ter muito cuidado porque estavam envolvidas várias estruturas, desde os músculos às artérias. Foram cerca de vinte fraturas. É como se ele tivesse passado por um triturador. O olho estava fora da órbita. Vamos ter de lhe fazer uma máscara personalizada — explicou Gaimpaolo Tártaro.

Inicialmente Osimhen deve ficar cerca de três meses longe dos gramados para poder concluir todo o processo de recuperação das fraturas. Após isso, o jogador do Napoli deve voltar a fazer atividades relacionadas ao futebol usando uma máscara de proteção. O departamento médico do clube italiano tem evitado trazer alguma previsão para o retorno do nigeriano ao nível competitivo. A imprensa italiana especula que Osimhen deverá ter condições entre março e abril.

Sem seu principal atacante, o Napoli tentará manter a liderança do Campeonato Italiano. O jogador vinha em grande fase e era fundamental para o rendimento da equipe de Luciano Spalletti. Osimhen havia marcado nove gols nos 14 jogos que disputou até aqui na temporada.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top