Coritiba

Com as estreias de Jhony Douglas e Dalberto, Coritiba já testou todas as suas contratações na temporada

Coritiba
(Foto: Coritiba/Divulgação)

O Coritiba agora já estreou oficialmente todas as suas contratações para a temporada de 2021; na partida contra o FC Cascavel, o recém-chegado Dalberto e o volante Jhony Douglas – que já tinha sido apresentado no dia 15 de fevereiro – entraram em campo pela primeira vez pelo Coritiba. Com a contratação do atacante Dalberto, o Coxa chegou a 14 reforços na temporada 2021 e ainda busca algumas peças para organizar e suprir o elenco.

Setor por setor, vamos analisar a constância, utilização e a atuação de cada peça contratada do elenco coxa-branca.

Setor defensivo

Na defesa, o Coxa trouxe para a temporada quatro novas peças para o elenco. Ao não ser o goleiro Wilson, atualmente a defesa coxa-branca é totalmente diferente daquela de 2020. Os quatro atletas contratados são titulares no momento. São eles: os zagueiros Luciano Castán e Wellington Carvalho e os laterais Igor e Romário. Ao não ser Wellington Carvalho, os outros três atletas contratados são unanimidades dentro do setor ofensivo, todos desde que chegaram ao clube vem atuando em bom nível e mantendo a titularidade dentro do time de Gustavo Morínigo.

Setor de meio-campo

No meio de campo, desde o volante, até um meia ofensivo, o Coritiba foi ao mercado para tentar encaixar uma equipe competitiva. Vieram de reforços na meia cancha: Jhony Douglas, Val, Willian Farias, Valdeci Moreira, Robinho e Lucas Nathan. Dos contratados, quem atuou por menor número de jogos foi o meia Lucas Nathan e o volante Jhony Douglas; Lucas Nathan por opção técnica do Gustavo Morínigo e Jhony Douglas ficou boa parte da temporada no departamento médico. Dos que atuaram, Robinho, Val e Willian Farias foram os destaques nas contratações, Val e Willian Farias são os motores do time do Coxa e a equipe depende de um bom desempenho da sua dupla de volantes para ter um bom jogo. Valdeci Moreira, mesmo sendo um jogador com um histórico muito habilidoso e talentoso, ainda não conseguiu desempenhar um bom futebol com a camisa Alviverde.

Setor ofensivo

O setor ofensivo também foi um setor com bastante movimentação no Alto da Glória. Chegaram: Dalberto, Waguininho, Tailson e a estrela do time, Léo Gamalho. O camisa 9 do Coxa é unanimidade até em partidas que o Verdão tem seu desempenho mais abaixo do que o normal, artilheiro do time na temporada com seis gols e ao que tudo indica será o artilheiro da equipe no ano. Porém, também pode-se colocar Léo Gamalho como unanimidade em questão de rendimento dentro de campo, dos quatro contratados pela diretoria do Verdão, apenas Léo Gamalho vem tendo uma atuação regular dentro de campo. Waguinino e Tailson ainda estão muito abaixo daquilo que era-se esperado e Dalberto estreou na última partida e teve poucos momentos para mostrar um pouco do seu futebol.

A partida contra o FC Cascavel era a última partida do Campeonato Paranaense para haver inscrições de jogadores para a competição. Mesmo se houver outras contratações, serão aplicadas apenas no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil.

Para ficar ligado em tudo o que acontece com o Coritiba, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top